Conheça o novo Galaxy S6

Compartilhe

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram

GalaxyBarcelona – Design, design e design. O calcanhar de Aquiles da Samsung na corrida pelo mercado de smartphones contra a Apple foi repetido como um mantra na apresentação do Galaxy S6 e da sua versão Edge, na World Mobile Congress, uma das maiores feiras de celulares do mundo, que começa nesta segunda-feira e segue até a quinta-feira. Na fala de apresentação, o presidente da companhia sul-coreana, JK Shin, alfinetou diversas vezes a rival norte-americana ao repetir que, sim, os novos Galaxys colocaram o design em primeiro plano. Mas, para ele, com uma diferença da concorrente: “é design com propósito”, provocou.

Com corpo de metal, mais fino que o antecessor e tela 50% mais resistente que qualquer outro smartphone do mercado, o Galaxy S6 é sim um aparelho de encher os olhos, mas não tão diferente assim dos seus antecessores e mais próximo ainda do iPhone 6. À primeira vista, o que causa mais impacto é mesmo o corpo todo em alumínio. Ter que desembolsar mais de R$ 2 mil em um celular de ponta feito majoritariamente com plástico era realmente inaceitável.

O Galaxy S6 Edge é mais interessante que a versão básica: assim como o Galaxy Note 4, a tela extrapola a parte da frente e abarca as lateriais do aparelho. A bateria também apresenta avanços importantes. Em apenas 10 minutos de carregamento, o celular está pronto para até quatro horas de uso. A câmera ganhou algumas inovações, como a capacidade de gravar vídeos HDR na câmera traseira e uma melhor captação de luz em ambientes escuros.

O aparelho vai estar nas lojas de 20 países, ainda não informados, a partir do dia 10 de abril. A Samsung também não anunciou quanto vai cobrar pelos smartphones, mas vale lembrar que o preço de lançamento do iPhone 6 foi de US$ 679, sem contratos. Se quiser se manter competitiva no mercado, a Samsung vai ter que atacar o calcanhar de Aquiles da concorrente e apresentar preços competitivos.

Bateria
Enquanto não se coloca no mercado uma bateria infinita, a Samsung inseriu no Galaxy S6 uma bateria que demora 80 minutos para ser totalmente recarregada. Em apenas 10 minutos, já é possivel usar o telefone por quatro horas. Outra novidade é o acessório que carrega o celular sem usar fios, vendido à parte. O mesmo cabo micro USB usado nos demais modelos da Samsung também serve no S6. Para quem precisa usar o telefone por períodos extensos, há uma opção em que o conteúdo do celular fica preto e branco e só com seis aplicativos funcionando, assim o telefone pode ser usado por até 24 horas.

Câmera
Mesmo com o celular travado, a câmera abre em dois cliques no botão principal, o que, segundo a Samsung, demora 0,7 segundo. Na frente, a câmera oferece 5 megapixels. Atrás, 16 MP. Há uma inusitada conexão com o monitor cardíaco para avaliar se a foto está sendo feita ao ar livre ou não e assim melhorar o ajuste de luz.

Espaço a mais
As laterais expandidas do Edge são basicamente um recurso de design que deixa o celular (bem) mais atraente. Mas também têm uma (pequena) função. Serve para notificações curtas de redes sociais, notícias ou o que o usuário configurar. O espacinho a mais serve para alocar melhor os contatos favoritos na função telefone.

Armazenamento
Com tantas boas novidades, é claro que há alguns poréns. Um deles é a extinção do cartão SD. Para compensar, na compra do aparelho o usuário ganha 100 gigabytes gratuitos de espaço na nuvem, válidos por dois anos. É bom lembrar de fazer back up antes da expiração. Serão colocadas três versões do aparelho à venda: 32 gb, 64 gb ou 128 gb.

Especificações técnicas
O controverso botão de impressão digital continua no S6, mas sem necessidade de movimento na tela, sendo quase igual ao do iPhone 6. As caixas de som são 1,5 mais altas que o Galaxy S5 e o processador é um incrivelmente eficiente octacore de 64 bits desenvolvido pela Samsung Exynos.

Gostou! Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram

TOP RELACIONADOS

Você também pode gostar