Zika x Microcefalia: Rio de Janeiro reforça controle ao combate

Compartilhe

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram

SAÚDE

Postado em 19 de novembro de 2015

EBC

Após pesquisadores do Laboratório de Flavivírus do Instituto Oswaldo Cruz (IOC/ Fiocruz) descobrirem a presença do genoma do zika vírus em amostras de duas gestantes da Paraíba, com fetos diagnosticados com microcefalia por meio de exames de ultrassonografia, a Secretaria de Saúde do estado do Rio tornou obrigatória a notificação de casos de gestantes com manchas vermelhas na pele. Independentemente da idade gestacional da mulher, esses casos devem ser notificados em até 24 horas. A medida passa a valer depois de publicação da resolução no Diário Oficial do estado.

A notificação poderá ser feita por telefone, e-mail e formulário online. A determinação vale tanto para o setor público, como privado, desde postos de Saúde, hospitais, clínicas da família, consultórios médicos e secretarias municipais de Saúde.

Na semana passada, o Ministério da Saúde determinou estado de emergência nacional em saúde pública após perceber um aumento dos casos de microcefalia na Região Nordeste.

microcefalia

Neto Lira – Latino News Brasil

Gostou! Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram

TOP RELACIONADOS

Você também pode gostar