Projeto inédito estudará genoma de milhares de brasileiros

Projeto inédito estudará genoma de milhares de brasileiros

43
Compartilhar

Tocando de Primeira

O Google anunciou hoje sua participação em um projeto de sequenciamento genômico do Brasil, liderado por pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) em parceria com a Dasa, empresa de medicina de diagnóstico. Enquanto esta contribuirá com o sequenciamento, a ser realizado em um centro especializado, o Google Cloud processará os dados obtidos, por meio do processamento na “nuvem”.

O principal objetivo do empreendimento é a criação de um banco de dados genético do povo do Brasil que poderá ser utilizado em diversas áreas da ciência, principalmente nas relacionadas a saúde. O primeiro passo será o sequenciamento de 15 mil brasileiros, com entre 35 e 74 anos.

Tocando de Primeira

Os cientistas buscam coletar informações que serão críticas para a compreensão do efeito dos genes no desenvolvimento de doenças comuns no Brasil. O país, conhecido por sua miscigenação, de diversas etnias, é geneticamente único. Assim, um estudo que foca somente em sua população é necessário para que se possa tratar de forma mais adequada os males tipicamente brasileiros.

Vale lembrar que cerca de 80% dos genomas analisados mundialmente são europeus. O DNA brasileiro é claramente pouco conhecido pelos cientistas. O novo estudo, assim, representa uma nova frente para a genética, de enorme importância para o país.

Trata-se da maior pesquisa epidemiológica do país, a qual será apoiada por diversas universidades federais e contará com informações coletadas ao longo dos anos por centros de saúde e estudos nacionais. O auxílio proporcionado pela americana Google será fundamental, uma vez que permitirá o uso de machine learning para estudar de forma veloz e detalhada os dados investigados. A parceria com a gigante da tecnologia fez com que o custo do processamento de todo esse material genético caísse 90%, em comparação com o que seria gasto sem a ajuda da empresa.

Fonte: Veja

Tocando de Primeira