Ministro interino da Saúde comete nova gafe e chama Porto Velho de Estado