STF retoma julgamento do caso de Lula e da parcialidade de Moro