Dono da frase que inspirou Temer em discurso de posse está preso

Compartilhe

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram

NOVO GOVERNO

Postado em 13 de maio de 2016

Do Correio Braziliense

Durante discurso de posse como presidente interino na última quinta-feira (12/5), Michel Temer citou a frase “Não fale em crise, trabalhe”, que leu quando passava por um posto de gasolina em São Paulo. O dono do posto “Doninha”, João Mauro de Toledo Piza, o Joca, de 71 anos, muso inspirador de Temer, está preso, condenado a oito anos por tentativa de homicídio.

O crime teria ocorrido em 2012, quando o dono do local atirou contra um rapaz por causa de desavenças pessoais. Em 2014, Joca foi condenado. “Agiu, portanto, com ‘animus necandi’ e, não obstante o número de disparos efetuados, deu início à execução de um crime de homicídio, que não se consumou por circunstâncias alheias à sua vontade, não havendo que se falar em desclassificação para o delito de lesões corporais, como pretendido pelo apelante, em suas razões de recurso”, diz um trecho da decisão judicial.

Além desta acusação, em 2010, o empresário esteve envolvido em um esquema de venda de combustíveis roubados no próprio posto. De acordo com a Polícia Civil, Joca não foi preso em flagrante, mas indiciado por receptação dolosa, sonegação fiscal e formação de quadrilha. Além disso, é processado também por estelionato e despejo por falta de pagamento.

Ao jornal Extra, o advogado e genro do réu Silas Stancanelli afirmou que tem orgulho de ter tido a frase da família mencionada por Temer. “Ele falou a vida inteira para os filhos, tipo ‘Não reclame disso, trabalhe’. ‘Não reclame da crise, trabalhe'”, relembrou.

Júnior Trindade – Latino News Brasil

logo face latino

Gostou! Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram

TOP RELACIONADOS

Você também pode gostar