Polícia Civil faz operação contra o tráfico de drogas na Cracolândia em São Paulo

Compartilhe

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram

POLICIAL

Postado em 05 de agosto de 2016

G1

O Departamento Estadual de Prevenção e Repressão ao Narcotráfico (Denarc), da Polícia Civil, faz uma operação contra o tráfico de drogas na Cracolândia, no Centro de São Paulo na manhã desta sexta-feira (5). Mais de 500 policias participam da operação.

A polícia cumpre 25 mandados de prisão e 39 de busca e apreensão. Além das prisões na Cracolândia, os quartos do hotel Cine Marrocos ocupado por sem-teto foram invadidos por policiais. A suspeita é a de que lá dentro funcione uma rede de distribuição de drogas da facção que age dentro e fora dos presídios para o Centro de São Paulo. Armas e 200 facas foram encontradas na caixa d’água do prédio. Homens do batalhão de Choque da Polícia Militar também participam da operação.

 

Muitos tiros de bala de borracha e bombas de gás lacrimogêneio foram disparados. Uma repórter da CBN disse que teve o celular apreendido e foi encaminhada para uma delegacia da região. Policiais também arrombaram estabelecimentos.

A região da Cracolândia é um tradicional reduto do tráfico de drogas da capital e recebeu nos últimos anos programas que tentam combater isso. O Recomeço é desenvolvido pelo governo de São Paulo desde 2013 e inclui tratamentos que incluem isolamento em hospitais e comunidades terapêuticas.

Já a Prefeitura desenvolve desde 2014 o programa “De Braços Abertos”, voltado à redução de danos. O dependente recebe hospedagem e uma remuneração por trabalhos como varrição e é incentivado a diminuir o consumo de drogas.

Em junho venceu o prazo de 3 meses dado pela Prefeitura de São Paulo para que desocupassem o Cine Marrocos. O prédio do município foi ocupado por mais de 300 famílias durante 3 anos. Antigamente, conjuntos comerciais funcionavam no prédio. Os moradores da ocupação transformaram os conjuntos em apartamentos. A gestão municipal havia prometido 55 mil unidades habitacionais, mas entregou 9.590 e diz estarem em construção outras 22.556.

A Secretaria da Habitação da Prefeitura de São Paulo afirmou, por meio de sua assessoria de imprensa, que vinha negociando sem sucesso com os integrantes do MSTS (Movimento Sem Teto de São Paulo) a desocupação do Cine Marrocos, ocupado em 2013. A secretaria reconhece que a ocupação de cerca de 300 famílias era irregular. A Prefeitura de São Paulo também informou que não participa da operação que ocorre nesta sexta na Cracolândia. O G1 tentou telefonar para integrantes do MSTS, mas a ligação não completava.

Neto Lira – Latino News Brasil

Gostou! Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram

TOP RELACIONADOS

Você também pode gostar