Adolescente de 17 anos confessou ter assassinado garota por não ser correspondido

Compartilhe

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram

Policial

R7

5vwep1r5fs_21l44yt76y_file

Um adolescente de 17 anos confessou ter assassinado duas garotas na comunidade rural de Linha do Encantilado, em Cruz Machado, no sul do Paraná. O caso foi elucidado pela Polícia Civil após oito meses de investigação. O suspeito, que trabalhava com agricultor, teria assinado a primeira vítima porque não era correspondido. Já a amiga dela, teria sido morta por ter desconfiado do jovem.

Segundo a polícia, o adolescente informou que era apaixonado por Camile Loures das Chagas, de 13 anos, mas, como era humilhado por ela, decidiu matá-la. A garota desapareceu em dezembro de 2015.

Já em abril deste ano, Solange Roseli Vitec, de 17 anos, amiga de Camile, também desapareceu. O adolescente disse à polícia que matou a vítima porque o acusou de ter assassinado Camile.

Ainda de acordo com a polícia, os investigadores trabalharam com diversas linhas de investigação, inclusive a possibilidade de as garotas estarem trabalhando com prostitutas em São Paulo.

Neto Lira – Latino News Brasil

Gostou! Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram

TOP RELACIONADOS

Você também pode gostar