RS: homens são presos por manter animais silvestres em cativeiro

Compartilhe

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram

CRIME AMBIENTAL

Do correio do Povo

Postado em 08 de maio de 2015

Patrulheiros do 3º Grupo Ambiental de Nonoai prenderam em flagrantes nesta sexta-feira(08/05), em Gramado dos Loureiros no Rio Grande do Sul, dois homens com armas e animais silvestres em cativeiro. Acusados de crime ambiental, eles foram presos em duas propriedades rurais, localizadas na comunidade de Linha Aguinhas, no interior do município.

Uma denúncia anônima levou os policiais às duas propriedades, onde foram apreendidos três animais silvestres confinados em gaiolas. Entre eles, um filhote de macaco-prego e dois filhotes de quati. Num galão de uma das propriedades, os policiais apreenderam duas espingardas calibres 12 e 36 sem registros, além de farta munição.

BM apreendeu três animais silvestres presos e armas | Foto: 3º Grupo Ambiental da BM / Divulgação / CB
BM apreendeu três animais silvestres presos e armas | Foto: 3º Grupo Ambiental da BM / Divulgação / CB

Os acusados foram conduzidos para a Delegacia da Policia Civil de Nonoai. Um dos homens foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo, além de ser enquadrado, juntamente com o segundo infrator, por manter ilegalmente animais silvestres em cativeiro. O autuado em flagrante pagou fiança e foi liberado. Ambos vão responder por crime ambiental cuja pena prevista é de seis meses a um ano de detenção e multa.

Os animais apreendidos ficaram na sede do 3º Grupo Ambiental em Nonoai e, posteriormente, serão encaminhados ao hospital Veterinário da Universidade de Passo Fundo, onde serão avaliados para possível devolução ao seu habitat natural.

Edvaldo Trindade – Latino News Brasil

Gostou! Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram

TOP RELACIONADOS

Você também pode gostar