Vídeo mostra médico agredindo casal de mulheres apenas por serem homossexuais

Compartilhe

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram

NOTÍCIA

Postado em 16 de junho de 2016

Correio Braziliense

 

Um vídeo postado nas redes sociais mostra agressões verbais sofridas por duas mulheres por serem lésbicas. Quem aparece nas imagens é um médico pneumologista, identificado como Ricardo Dourado, tentando convencer o casal de que é “anormal” ser homossexual.

“Veado, gay, se pegar, tem que matar. O mundo não é pra isso, as aberrações, esquece isso”, disse o médico. Ele também falou para uma das mulheres que ela devia ir atrás de um homem bom para ela, casar e ter filhos. “Vocês querem o anormal”, completou.

O caso aconteceu na madrugada desta quarta-feira (15/6) em um posto de combustíveis na Praça Cívica, no centro de Goiânia. O casal registrou ocorrência contra o médico no 1º Distrito Policial da cidade.

Na tarde desta quinta-feira (16/6), Dourado se defendeu nas redes sociais e afirmou não ser homofóbico. “Convivo bem com pessoas que são homossexuais, inclusive trabalham pra mim, mas quero, no mínimo, respeito”, disse.

Neto Lira – Latino News Brasil

Gostou! Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram

TOP RELACIONADOS

Você também pode gostar