Vaticano diz que papa Francisco “reagiu bem à operação”