Parada do Orgulho LGBTS reúne 40 mil pessoas na Esplanada dos Ministérios

Compartilhe

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram

DIVERSIDADE

Postado em 26 de junho de 2016

Do Correio Braziliense

A 19ª edição da Parada do Orgulho LGBTS de Brasília reuniu 40 mil pessoas em frente ao Congresso Nacional. Além de dois trios elétricos, a organização providenciou um ponto de testagem rápida para HIV, com resultados em até 20 minutos. Faixas, cartazes, fantasia e muita música marcaram o evento, que tinha como uma das pautas principais a regulamentação da Lei 2.615/2000, elaborada pela ex-deputada Maria José Maninha (PSOL) e de co-autoria do governador Rodrigo Rollemberg — que prevê penas pecuniárias (multa em dinheiro) para crimes de homofobia. “A maioria dos estados brasileiros já têm essa lei e os gays já contam com ela há muitos anos. Foi aprovada há 16 anos, mas ainda não foi regulamentada”, reforçou Michel Fernandes, 33 anos e coordenador da Parada.

A organização do evento apresentou ainda dados de uma pesquisa recente feita este ano pelo movimento, para diagnosticar a situação da violência homofóbica no Distrito Federal. “Os dados são preocupantes. Mais de 51% da população LGBT retrata que já sofreu algum tipo de homofobia. Ou seja: a cada dois LGBTs, um já sofreu discriminação”, analisou Michel Fernandes.

Parada do Orgulho LGBTS – Brasília 2016:

Júnior Trindade – Latino News Brasil

logo face latino

Gostou! Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram

TOP RELACIONADOS

Você também pode gostar