Os homens e a crise dos 30

Compartilhe

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram

CRISE

Postado em 21 de abril de 2015

NUM MUNDO ONDE SE CULTIVA O MITO DA JUVENTUDE, ENVELHECER REPRESENTA UM IMENSO DESAFIO

O envelhecimento, apesar de ser um processo normal, torna as pessoas vulneráveis e é nessa vulnerabilidade que a crise se instala. Uma angústia associada à ideia de que a juventude ficou para trás e perdida. Sentimentos que surgem acompanhados da fantasia de que na idade atual não é mais possível arriscar, realizar sonhos ou ambições, uma ideia de que não há mais tempo para finalizar o que ficou inacabado, reavaliam o que gostariam de ter feito ou de ter feito diferente.

É um período marcado pela pressão para crescer, não há como voltar atrás, a maturidade e a independência chegam acompanhadas do peso da responsabilidade.

Imagem: reprodução internet
Num mundo onde se cultiva o Mito da Juventude, envelhecer representa um imenso desafio e muitos buscam meios de fugir, a crise é uma consequência.

Questiona-se o que leva à crise e para ela não existe uma só resposta, existem fatos e acontecimentos unidos a um emocional momentaneamente frágil que resultam na crise. Pode ser o rompimento de uma relação, a perda de uma boa oportunidade profissional, pressão no trabalho, pressão social, demandas. Inúmeros são os disparadores que levarão a uma crise.

A conduta do homem na crise é semelhante quase que universalmente, pesquisas isoladas apontam para certos comportamentos que se repetem mesmo que em países distintos e todos tentam aplacar as mesmas angústias.

Na tentativa de negar a realidade eles criam “antídotos” que os reconduzem à quando eram mais “felizes” e voltam a se comportar como os jovens que foram, buscam amantes, frequentam festas e baladas, aumentam os gastos com carros, viagens e roupas. Recorrem a tudo que os faça acreditar que ainda são jovens e cheios de vigor.

Esse estado de inquietação que os faz sair dos trilhos é compreendido por especialistas como uma fase de transição e aceitação para uma próxima etapa da vida. O homem olha para o passado, reavalia projetos e sonhos, reconsidera o futuro e se prepara para uma nova etapa da vida. Possivelmente alguns sonhos serão deixados de lado, mas abrirá espaço para novas frentes, novas possibilidades e grandes, novos e felizes acontecimentos.

ESCRITO POR

Dra. Juliana Amaral PSICÓLOGA
Psicóloga Clínica, Psicanalista, formada pela PUC.RJ. Atendimento clínico em consultório particular ha 10 anos. Atendimento de crianças, adultos e família.

Gostou! Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram

TOP RELACIONADOS

Você também pode gostar