Maduro impõe limites aos vistos americanos…

Compartilhe

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram

O presidente Nicolas Maduro anunciou no sábado uma série de medidas para limitar a presença de autoridades dos EUA na Venezuela e a adoção de um sistema que exerce maior controle sobre os cidadãos norte-americanos na obtenção dos vistos para o país sul-americano.
Maduro em seu discurso afirmou que a decisão era “para proteger nosso país, decidimos implementar um tipo de visto diferenciado e obrigatório para pessoas provenientes dos EUA, que desejam entrar na Venezuela”, disse ele em um discurso público durante uma manifestação de partidários de Chávez, Conhecidos como “Bolivarianos”.

Maduro ainda afirmou que irá impedir uma possível invasão de “Um conjunto de líderes políticos americanos que violaram os direitos humanos, pelos vários bombardeios à países como  Síria,  Iraque e Afeganistão. Esses terroristas jamais entrarão na Venezuela”, disse ele.
Citando nomes como o ex-presidente George W. Bush, o ex-vice-presidente Dick Cheney e republicanos do Congresso Bob Melendes e Marco Rubio.
O presidente venezuelano acrescentou que todos os americanos “que tenham o desejo em vir como turista, culturas, por questões acadêmicas… quem quer vir jogar na nossa liga de beisebol ou basquete sempre serão bem-vindos e terao seus vistos, sem nenhum problema, mas eu fui forçado a impor, implementar um sistema de visto que proteja o país contra essa rede terrorista americana”.
Ele disse que o processo será cobrado em dólares o “mesmo preço que eles cobram aqui na embaixada americana no nosso país.”

Gostou! Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram

TOP RELACIONADOS

Você também pode gostar