Greve da TAP afeta voos entre Brasil e Europa; veja o que fazer

Compartilhe

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram

AVIAÇÃO

Publicado em 30 de abril de 2015

Do UOL – São Paulo

O Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil de Portugal confirmou a intenção de realizar uma greve entre esta sexta-feira (1º) e 10 de maio, afetando os voos da TAP no mundo inteiro. Eles protestam contra a falta de contrapartidas para os profissionais no processo de privatização da empresa. A companhia recomenda mudar a data ou pedir reembolso.

A empresa aérea estatal diz que não vai conseguir informar a disponibilidade de voos até poucos momentos antes da decolagem, por não saber ao certo quantos e quais pilotos vão aderir à paralisação.

A TAP disse que tentará fazer uma operação mínima, com dois voos por dia do Brasil para a Europa.

Segundo a empresa, enquanto durar a paralisação, haverá um voo diário saindo de Guarulhos, em São Paulo, e outro saindo do Galeão, no Rio de Janeiro.

Quando está operando normalmente, a TAP oferece 80 voos por semana entre o Brasil e 55 destinos europeus.

Orientações da empresa
Quem tem voos agendados partindo de outras cidades é aconselhado a trocar a data da viagem, entrando em contato com a TAP ou a agência de viagens.

O cliente agendado nessas datas poderá realizar as alterações de seu bilhete para outros dias depois da greve.

O passageiro também poderá optar pelo reembolso dos bilhetes emitidos para viagens nas mesmas datas. Nos casos em que a viagem já foi iniciada, será reembolsado o valor correspondente ao percurso não voado.

A TAP garante que não serão cobradas quaisquer taxas pela alteração e/ou reemissão dos bilhetes.

Para entrar em contato com a TAP, deve-se acessar o site da companhia (http://zip.net/btq99H), pelo perfil oficial do Facebook (http://zip.net/bnq9H9), ou se dirigir aos balcões de apoio da TAP nos aeroportos.

Também há canais de comunicação pelo telefone 0300-210-6060 ou através dos agentes de viagens.

Conselhos do Procon
O Procon-SP diz que, mesmo não sendo as causadoras do problema, é dever das companhias aéreas ou agências de viagem, prestarem toda assistência para minimizar os transtornos ocorridos.

O Procon-SP recomenda ao consumidor que, antes de se dirigir para o aeroporto, entre em contato com a companhia para verificar a situação do voo.

Em casos de atraso ou cancelamento, o passageiro tem direito a:

– informação prévia quanto ao cancelamento do voo nos canais de atendimento disponíveis das companhias aéreas;

– viajar, tendo prioridade no próximo embarque da companhia aérea com o mesmo destino;

– ser direcionado para outra companhia (sem custo);

– receber de volta a quantia paga ou, ainda, hospedar-se em hotel por conta da empresa. Se o consumidor estiver no local de seu domicílio, a empresa poderá oferecer apenas o transporte para a sua residência e desta para o aeroporto.

– ressarcimento ou abatimento proporcional no caso de ocorrer algum dano material devido ao atraso como, por exemplo, perda de diárias, passeios e conexões;

– pleitear reparação junto ao judiciário se entender que o atraso causou-lhe algum dano moral (não chegou a tempo a uma reunião de trabalho, casamento etc.).

Todas estas possibilidades devem ser garantidas sem prejuízo do acesso gratuito à alimentação, utilização de meios de comunicação, transporte etc.

O consumidor deve guardar o comprovante de eventuais gastos que teve em decorrência do atraso e/ou cancelamento, como chamadas telefônicas, refeições, hospedagem, entre outras.

Entenda a greve
A greve dos pilotos foi impulsionada pelos sindicatos que agrupam esta categoria para protestar pelo que consideram um descumprimento do acordo fechado em dezembro do ano passado entre o governo e a companhia para não acontecer uma greve em pleno Natal.

A TAP, líder em passageiros transportados entre Portugal e Espanha e entre Europa e Brasil, voa para 88 destinos na África, Europa e América, conta com uma folha de mais de 5.000 funcionários e uma frota de 77 aviões.

O Grupo TAP – que além da companhia aérea inclui outras empresas do setor aeronáutico com grandes dívidas – está em pleno processo de privatização.

Edvaldo Trindade – Latino News Brasil

Gostou! Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram

TOP RELACIONADOS

Você também pode gostar