Carteira de identidade que une RG e CPF passa a valer em março; tire suas dúvidas

Compartilhe

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
image 7

O presidente Jair Bolsonaro (PL) assinou na última quarta-feira (23) o decreto que vai unificar os números de RG e CPF para todo o país. O RG com número único deverá ser adotado em todo o país até 6 de março de 2023. 

O decreto entra em vigor no próximo dia 1º de março e prevê que a nova Carteira de Identidade atenda aos requisitos de segurança, integridade e integração de operações entre os órgãos de governo, em consonância com a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD).

Confira algumas dicas para tirar as suas dúvidas sobre o documento.

Qual o número que vai valer? 

Com o intuito de unificar os dois documentos, somente um número será usado para a identificação dos cidadãos em todo o país. O registro escolhido foi o do CPF.

Caso a pessoa que solicite a Carteira de Identidade ainda não tenha o CPF, o órgão de identificação local já realiza de imediato a inscrição na base. 

O que é preciso fazer? 

A carteira de identidade antiga continuará sendo válida por 10 anos, para menores de 60 anos, e indefinidamente para quem tiver 60 anos ou mais. Caso você queira optar pela nova versão, siga os seguintes passos: 

  • Vá ao órgão emissor do seu estado;
  • Apresente sua certidão de nascimento ou casamento;
  • Sua identificação será conferida no site gov.br; 
  • O órgão emissor te dará um prazo para a retirada do documento em papel;
  • Assim que receber a versão em papel, você já poderá acessá-lo digitalmente pelo gov.br 

Os órgãos emissores serão obrigados a emitir o novo documento a partir de 6 março de 2023.  

Fonte: Istoé

Gostou! Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram

TOP RELACIONADOS

Você também pode gostar