Alongamento de unhas vira moda e negócio rentável

Alongamento de unhas vira moda e negócio rentável

83
Compartilhar

Tocando de Primeira

A onda de unhas alongadas começou há pouco mais de três anos e conquistou artistas como a cantora Iza, técnica do The Voice Brasil, 2019. O mercado foi na onda e já criou dois novos estilos este ano: o stileto com a ponta bem fina e a balerina mais arredondada.

Tocando de Primeira

Em uma esmalteria, também, em São Paulo, especializada em alongar unhas, o atendimento chega a 1500 pessoas por mês, a maioria jovens. A Juliana Casagrande, dona da esmalteria, acredita que não é uma moda passageira.

“De maneira alguma. Estamos no mercado desde 2015 e só tem crescido. Já dobramos de tamanho duas vezes, já estamos ampliando a terceira vez e ano que vem teremos mais quatro unidades em São Paulo”, explica.

O alongamento é diferente das unhas postiças. A técnica exige o trabalho de dois profissionais: a nail designer, que faz o alongamento. E a manicure, que retira a cutícula e passa o esmalte. O serviço sai por R$ 270.

Juliana e suas colaboradoras sempre fazem cursos para se aperfeiçoar. A empresária também tem parceria com uma escola montada pela irmã, para ensinar a técnica a futuros empreendedores.

Fonte: G1

Tocando de Primeira