Coronavírus: todos os americanos podem ser vacinados até abril