Ucrânia começou a usar o reconhecimento facial durante a guerra, diz agência

Compartilhe

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
04 03 2022 batalhao azhov mariupol ucrania guerra democracia nazismo wikicommons

Segundo matéria exclusiva da Reuters, publicada nesta segunda-feira (14), as forças que lutam contra a invasão russa estariam usando ferramentas de reconhecimento facial. A informação teria vindo do Ministério da Defesa ucraniano.

A startup Clearview AI, teria oferecido sua tecnologia para descobrir agressores russos, combater desinformação, reunir refugiados separados de suas famílias e identificar os mortos. A empresa teria afirmado, ainda, que não ofereceu seus serviços para os russos e que essa é uma “operação especial”. 

Contudo, o chefe executivo da empresa, Hoan Ton-That, afirmou que o propósito exato para o qual a Defesa da Ucrânia está usando a tecnologia não é claro.

Os críticos da tecnologia de reconhecimento facial afirmam que a ferramenta pode fazer falsos reconhecimentos e levar a prisões injustas, além de violar a privacidade das pessoas, como já teria acontecido nos Estados Unidos.

“Depois de introduzir esses sistemas e os bancos de dados associados a uma zona de guerra, você não tem controle sobre como eles serão usados ​​ou mal utilizados.”

No 18º dia de guerra entre Ucrânia e Rússia, as autoridades registraram bombardeio à base militar próxima da fronteira da Polônia, onde haveria militares estrangeiros e armamentos enviados pelos países aliados.

Fonte: Reuters

Gostou! Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram

TOP RELACIONADOS

Você também pode gostar