Podem disparar! Diz primeiro-ministro da Hungria.

Compartilhe

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram

Nesta segunda-feira (21), o parlamento da Hungria aprovou nova legislação. O texto, apresentado pelo primeiro-ministro, Viktor Orban,  que está sendo chamado de lei anti-migrantes, autoriza o exército e a polícia a disparar contra os refugiados, desde que não sejam tiros mortais.

O texto também permite que a polícia faça buscas em qualquer residência privada, onde suspeite que se encontrem refugiados.

Orban, em discurso no parlamento antes da aprovação da  lei, ressaltou que  os migrantes são um perigo para o continente europeu.

“As nossas fronteiras estão em risco. A Hungria e toda a Europa estão em perigo. Não podemos deixar entrar os que nos sobrecarregam”, afirmou Viktor Orban.

ng4613032

 

Gostou! Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram

TOP RELACIONADOS

Você também pode gostar