O presidenciável Marco Rubio fala que imigrante indocumentado sem antecedentes criminais merece autorização de trabalho nos EUA

Compartilhe

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram

AP_marco_rubio_mm_151103_16x9_992

Nava York – O republicano Marco Rubio candidato a presidente da república dos Estados Unidos falou no ultimo final de semana que se ele foi eleito presidente dos Estados Unidos, não vai focar em deportar os 12 milhões de imigrantes indocumentados que vivem no país. Ao contrário disso, ele afirmou que vai propor uma solução para acomodar aqueles que não têm antecedentes criminais.

Em uma entrevista para a “The Associated Press”, o presidenciável afirmou que a abordagem realista que deve ser feita sobre a imigração ilegal é apenas sobre os imigrantes criminosos que, segundo ele, são os únicos que oferecem perigo à sociedade. Rubio ressaltou que o seu objetivo não é deportar os 12 de imigrantes. “Mas os criminosos não podem ficar”, disse.

Segundo o presidenciável, o que deveria ser feito era analisar o histórico de imigrantes que já estão no país por determinado tempo e “se for aprovado, fornecer-lhe autorização para trabalhar legalmente por um período de 10 anos”.

Mas ele acrescentou que seria exigido que o imigrante aprenda inglês, pague uma enorme multa e esteja em dia com os impostos. “Se está aqui há um bom tempo, cumpre estas exigências e não tem antecedentes criminais, você deveria estar apto a obter uma autorização de trabalho por 10 anos. Esta é minha ideia”, explicou.

Rubio é um dos senadores que, em 2013, aprovaram um projeto que promoveria uma ampla reforma nas leis de imigração, mas foi barrado pelo Congresso. Desde então, o político se distanciou do projeto afirmando que sua intenção seria proteger primeiramente a fronteira antes de lidar com os milhões de indocumentados que vivem no país.

Com The Associated Press/braziliantimes.com

Amadeu Maya Latino News Brasil

Gostou! Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram

TOP RELACIONADOS

Você também pode gostar