Dilma está em primeiro lugar como a pior líder do mundo segundo enquete da revista Fortune

Compartilhe

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram

Nova York – A revista americana Fortune está fazendo uma votação em seu site para eleger os “líderes que mais decepcionaram no mundo” e a presidente brasileira Dilma Rousseff lidera com facilidade após 3 dias de pleito. A lista não se resume apenas a políticos, mas também CEOs de grandes empresas, como a Volkswagen, que está envolvida em um escândalo de manipulação de informações.

650x375_discurso-vitoria-dilma-eleicoes-2014_1459354

A publicação elegeu 19 nomes e fez uma matéria no último dia 30, mas sem colocar uma ordem específica de melhor (ou menos pior) para o pior, deixando esta decisão para seus leitores. Por volta das 14h30 (horário de Brasília) desta sexta-feira (1), Dilma tinha 51 mil votos, contra 5,8 mil do segundo colocado, Rick Snyder, governador de Michigan. Em uma hora, a presidente brasileira chegou a ganhar mais de 5 mil votos, enquanto os outros nomes praticamente não tiveram novos votos.

Em terceiro na lista aparece o ex-presidente da FIFA, Joseph Blatter, envolvido no maior escândalo esportivo da história, com 2,1 mil votos. Na sequência está Martin Shkreli, ex-CEO da Turing Pharmaceuticals, que chamou atenção da mídia quando elevou o preço de um conhecido remédio usado para tratamento de AIDS.

Os outros nomes da lista são: Jeff Smisek, ex-CEO da United Continental Holdings; Chris Christie, governador de Nova Jersey; Martin Winterkorn, ex-presidente da Volkswagen; Rahm Emmanuel, prefeito de Chicago; Al Giordano e Steven Nardizzi, ex-COO e ex-CEO da Wounded Warrior Project; Marissa Mayer, CEO do Yahoo; Steve Ells & Montgomery Moran, co-CEOs da Chipotle Mexican Grill; Michael Pearson, ex-CEO da Valeant Pharmaceuticals; Elizabeth Holmes, fundadora da Theranos; Tony Hsieh, CEO da Zappos; Gustavo Martinez, ex-CEO do J. Walter Thompson; e Parker Conrad, ex-CEO da Zenefits.

Na última semana, o juiz federal Sérgio Moro, que conduz as ações da Operação Lava Jato, foi eleito como um dos 50 maiores líderes do mundo, ficando na 13ª posição, em levantamento da revista norte-americana Fortune. Moro é o único brasileiro da lsita.

A lista também inclui o papa Francisco Bento, que está na quarta posição, e a chanceler da Alemanha Angela Merkel, que ocupa a vice-liderança. Neste ano, o fundador da Amazon, Jeff Bezos, ficou na primeira posição. Moro está na frente do vocalista do U2, Bono (14º), e do presidente da Argentina Mauricio Macri, que está na 26º posição. Tim Cook, CEO da Apple, está na 5ª posição.

Participe você também da enquete e vote no pior líder do mundo. Clica aqui

Com Fortune/InforMoney

Amadeu Maya Latino News Brasil

Gostou! Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram

TOP RELACIONADOS

Você também pode gostar