Debate “normal” entre vices devolve civilidade à campanha nos EUA