Bernie Sanders fecha com Hillary e Trump crítica a atitude do ex rival da democrata

Compartilhe

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram

O senador democrata Bernie Sanders declarou apoio a Hillary Clinton em evento de campanha em Portsmouth, New Hampshire, nesta terça-feira (12). Os dois concorriam à indicação do Partido Democrata na corrida à sucessão de Barack Obama. O provável candidato da oposição, Donald Trump, criticou atitude de Sanders, dizendo que ele abandonou seus eleitores.

2016-07-12t153419z_1019565165_ht1ec7c178u0u_rtrmadp_3_usa-election

“A secretária Clinton ganhou o processo de indicação democrata. E eu pretendo fazer tudo que posso para ter certeza de que ela será a próxima presidente dos Estados Unidos”, disse Sanders em meio a aplausos.

Sanders listou uma série de razões pelas quais a ex-secretária de Estado seria uma opção melhor que seu rival republicano, Donald Trump, nas eleições presidenciais de novembro.

https://youtu.be/1LmyaKiBWsQ

Citou o apoio de Hillary aos direitos dos homossexuais, seguro universal de saúde e luta contra as mudanças climáticas. “Não é um segredo que Hillary Clinton e eu discordamos em muitos assuntos. Isso é democracia”, disse Sanders, segundo a France Presse.

“Mas estou feliz por anunciar que houve uma importante aproximação entre as duas campanhas e produzimos, de longe, a plataforma mais progressista da história do Partido Democrata”, acrescentou.

Hillary agradeceu o apoio do ex-rival de 74 anos durante as primárias do partido. “Somos mais fortes juntos”, declarou Hillary logo após o pronunciamento de Sanders.

Sanders representou uma forte resistência à candidatura de Hillary no Partido Democrata, a ponto de a ex-secretária de Estado só poder cantar vitória na disputa interna no último dia das eleições primárias.

O senador por Vermont mobilizou os eleitores mais jovens do partido. Assessores de Clinton estão confiantes de que o apoio de Sanders pode ser uma arma importante na disputa contra Trump. O provável candidato republicano Donald Trump emitiu uma nota dizendo que Sanders passou a fazer parte de um “sistema manipulado” ao apoiar a candidatura de Clinton.

Trump também ironizou a atitude no Twitter. O provável candidato republicano disse que o apoio de Sanders à Hillary é “como Occupy Wall Street endossando Goldman Sachs”, em referência ao movimento contra a desigualdade econômica e social, iniciado em 2011, e o Golden Sachs, um dos maiores bancos de investimento do mundo.

“Bernie Sanders abandonou seus eleitores endossando pró- guerra pró- TPP pró- Wall Street ‘Crooked’ Hillary Clinton”, disse Trump em outra postagem.

O provável candidato republicano ainda ofereceu apoio aos eleitores de Sanders.

“Para todos os eleitores Bernie que querem parar de acordos comerciais ruins e interesses especiais globais, vamos recebê-lo de braços abertos. Pessoas em primeiro lugar”, escreveu.

Hillary conseguiu o número mínimo de deputados que precisava para que sua indicação fosse formalizada após as primárias em Nova Jersey, no início do mês.

Com AFP/G1

Amadeu Maya

Gostou! Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram

TOP RELACIONADOS

Você também pode gostar