O zagueiro Leandro Euzébio será punido pela diretoria do Náutico por faltar jogo-treino

Compartilhe

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram

Náutico A ausência do zagueiro Leandro Euzébio no jogo-treino desta manhã contra a Cabense pode custar caro ao jogador. A diretoria alvirrubra terá uma reunião com o defensor na tarde desta segunda-feira para escutar a justificativa do atleta, mas já é certo que a principal contratação do clube para a temporada sofrerá uma dura punição pela falta. A ideia inicial é uma multa no salário. No entanto, uma atitude mais drástica não está descartada. No caso, até mesmo um rompimento no contrato.

Vale lembrar que o jogo-treino contra a Cabense foi marcado pela diretoria do Náutico para atender a um pedido do próprio Leandro Euzébio, que se recuperou de lesão. A ideia era ganhar ritmo de jogo visando os clássicos seguidos contra o Santa Cruz pelo Campeonato Pernambucano, quarta-feira e domingo, na Arena Pernambuco. O jogador se ausentou do trabalho alegando problemas familiares.
“Vamos esperar a justificativa do atleta, mas já é certo que ele será punido. Pode ser em 50% ou até 100% nos salários, a depender da explicação dele. A princípio essa é a decisão da diretoria. Estamos muito chateados com essa situação”, destacou o diretor de futebol Paulo Henrique Guerra. “Não podemos errar. No Náutico vai ficar quem quer. Até agora,a  justificativa dele não tem embasamento. Até onde sei, ele mora sozinho aqui em Recife”, encerrou.

Gostou! Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram

TOP RELACIONADOS

Você também pode gostar