Gols de Real Madrid 1 (5) x (3) 1 Atlético de Madrid. Nos pênaltis, time de Cristiano Ronaldo é campeão da Liga dos Campeões

Compartilhe

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram

LIGA DOS CAMPEÕES

Postado em 29 de maio de 2016

Do Guia do Boleiro

https://www.youtube.com/watch?v=CfpCdRJoGcQ

O Real Madrid é campeão da Liga dos Campeões 2016-17. A equipe de Zidane venceu o Atlético de Madrid nos pênaltis por 5 a 3 após um empate por 1 a 1 no tempo normal, na final disputada no estádio Giuseppe Meazza (San Siro).

Esse é o 11º título da Champions conquistado pelo time branco. Se o jogo foi fraco tecnicamente durante os 120 minutos de bola rolando, a disputa de pênaltis foi muito bem aproveitada, com falha apenas de Juan Fran, pelo Atlético de Madrid. A equipe de Simeone lutou, lutou, tirou o Bayern e Barcelona, mas não levou o título que ainda é inédito para o Atletico.

O Real Madrid dominou a partida desde o início colocando sua superioridade técnica em campo, mesmo assim os comandados do Simeone criaram a primeira grande chance. Em bola cruzada na área, Koke pegou de primeira, e Navas, bem colocado, fez a defesa, aos 04 minutos.

Dois minutos depois, o Real respondeu e quase abriu o placar. Bale cobrou falta com bastante veneno, Benzema desviou e Oblak fez defesa milagrosa, à queima roupa. Depois dessa chance, o time branco continuou melhor e chegou ao gol aos 14min.

Mais uma vez brilhando numa final de Champions, Sérgio Ramos marcou novamente. Kroos cobrou falta, Bale desviou e a bola sobrou para Sergio Ramos, que entrou em velocidade e tocou. A bola passou por baixo de Oblak e morreu no fundo das redes.

Depois do gol, o Real teve algumas chances de matar a partida, mas desperdiçou algumas oportunidades. O time branco ainda deu sorte, quando Griezmann perdeu um pênalti, ao cobrar forte no alto, e a bola explodiu na trave. A última, antes do gol de empate do time de Simeone, foi perdida por Cristiano Ronaldo. Em bola cruzada na área, CR7 rolou o pé por cima da bola e concluiu. A bola parou na defesa.

Na sequência, o time alvirrubro puxou contra-ataque, que resultou em gol. Juanfran fez o cruzamento, e Ferreira Carrasco completou para as redes. A torcida do Atleti foi à loucura no San Siro. Depois do gol, o time de Simeone se inflamou e quase que Torres marcou a seis minutos do fim do jogo. Na prorrogação, as duas equipes estavam cansadas e pouco criaram. Quem mais assustou foi Casemiro que chutou duas vezes de longe e quase definiu o duelo.

Júnior Trindade – Latino News Brasil

logo face latino

Gostou! Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram

TOP RELACIONADOS

Você também pode gostar