Confusão marca o retorno da tocha olímpica ao Rio de Janeiro

Compartilhe

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram

ESPORTES

Postado em 28 de julho de 2016

Globo Esporte

Uma confusão provocada por uma manifestação popular marcou o retorno da Tocha Olímpica ao estado do Rio de Janeiro, nesta quarta-feira. Em Angra dos Reis, carros da imprensa foram apedrejados, o que exigiu que as forças de segurança fossem acionadas. Para conter os manifestantes, a polícia chegou a usar gás de pimenta e bombas de efeito moral. Uma criança foi ferida e levada para o Hospital Geral da Japuíba, que confirmou o atendimento à vítima mas não deu nenhum detalhe. Por conta disso, as gêmeas do nado sincronizado Bia e Branca Feres e o atleta da paracanoagem Fernando Fernandes, que estavam entre os condutores, nem chegaram a carregar a tocha.

Por questões de segurança, o revezamento aconteceu em apenas um dos três trechos que estavam previstos na cidade. O protesto impediu que a chama fosse conduzida logo na chegada, pelo bairro Japuíba. Autoridades estudaram a possibilidade de cancelar o evento, mas o revezamento foi mantido. O comboio deixou o local e seguiu para o Centro, onde finalmente a tocha foi conduzida pelas ruas.

Houve mudança no esquema de organização: cada condutor ficou menos tempo no revezamento. Os primeiros que estavam programados conduziram a chama em grupo. Na chegada à Praia do Anil, último ponto do revezamento, os protestos recomeçaram. Manifestantes atiraram lixo e fizeram barricadas para impedir a chegada do comboio.

As forças de segurança, com homens da Polícia Militar e das Polícias Rodoviárias Federal e Estadual, tentaram preparar a chegada do comboio à Praia do Anil. Um palco foi montado no local para as festividades após a passagem da tocha, mas a organização resolveu dar fim ao evento. Até a publicação desta não havia informações sobre manifestantes detidos.

Neto Lira – Latino News Brasil

Gostou! Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram

TOP RELACIONADOS

Você também pode gostar