Após fraturar o crânio em 2017, ex-Tottenham se aposenta aos 26 anos

Compartilhe

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram

Choque com zagueiro do Chelsea, Gary Cahill, obrigou o ex meia a deixar o futebol. Crânio do jogador não se recuperou e riscos de lesões futuras eram altíssimas, segundo médicos

É sempre díficil, para o jogador de futebol, largar a sua profissão. Ryan Mason, meio campista, aos 26 anos, tomou a difícil decisão de forma precoce e se aposentou, definitivamente, do futebol. Em 22 de janeiro de 2017, o jovem de 26 anos, colidiu com o experiente zagueiro do Chelsea, Gary Cahill, durante jogo pela Premier League.

[adsense]

Na ocasião, o jogador passou por uma cirurgia de emergência e passou oito dias internado no hospital de St. Mary, em Londeres, antes de ser liberado. Nesta terça-feira, o ex jogador, explicou, em declaração oficial, que se resolveu tomar essa decisão por motivos médicos

– Infelizmente, devido a conselhos médicos, não tenho outra opção senão aposentar devido aos riscos envolvidos, dada a natureza da minha lesão. Eu me aposento com a cabeça erguida, tendo feito tudo ao meu alcance, nos últimos 13 meses, para tentar voltar a campo. – lamentou o jogador

Mason planejava retornar ao futebol no início deste ano, Porém, explicou que o sue crânio não estava completamente recuperado e que os riscos eram muito grandes, caso voltasse a entrar em campo.

O Hull City, seu último clube, lamentou o ocorrido, assim como o Tottenham, clube que o revelou para o futebol, lançando um vídeo que mostra os destaques do jogador no clube e se referindo a ele como “um dos nossos”.

Nigel Adkins, atual treinador do Hull City, também comentou o caso em seu twitter declarando que Ryan foi um grande profissional e revelando que o ex jogador deu uma palestra motivacional para os jogadores

– Desejo toda sorte para Ryan Mason no futuro – finalizou o treinador

[adsense]

 

Gostou! Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram

TOP RELACIONADOS

Você também pode gostar