Petróleo fecha em alta e recupera parte das perdas

Petróleo fecha em alta e recupera parte das perdas

25
Compartilhar

Tocando de Primeira

Os preços do petróleo fecharam em forte alta nesta terça-feira (10), recuperando parte das perdas da véspera, quando o preço barril da commodity tombou quase 25% na véspera, depois do início de uma guerra de preços entre Arábia Saudita e Rússia, que provocou a maior queda diária desde a Guerra do Golfo de 1991.

Tocando de Primeira

Os contratos futuros do Brent para maio encerraram o dia em alta de 8,32%, aos US$ 37,22 o barril, na bolsa ICE, em Londres. Já os preços do West Texas Intermediate (WTI) para entrega em abril subiram 10,37%, para US$ 34,36 o barril na Bolsa de Mercadorias de Nova York (Nymex).

Na véspera, o barril de Brent caiu 24,13%, a US$ 34,36 na venda, enquanto o barril WTI, nos EUA, perdeu 24,6%, a US$ 31,13. O valor de fechamento foi o mais baixo desde 12 de fevereiro de 2016.

Segundo a agência Reuters, investidores miraram possíveis estímulos econômicos e sinais da Rússia de que conversas com a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) para evitar a guerra de preços seguem possíveis.

O presidente norte-americano Donald Trump disse na segunda-feira que tomará importantes medidas para proteger a economia dos EUA contra impactos da disseminação do coronavírus, enquanto o governo do Japão planeja gastar mais de US$ 4 bilhões em um segundo pacote de ações para lidar com o vírus.

Alguns bancos passaram a prever também mais cortes nas taxas de juros dos EUA nos próximos meses.

Fonte: G1

Tocando de Primeira