Corpo de Francisco Brennand será cremado hoje

Corpo de Francisco Brennand será cremado hoje

46
Compartilhar

Tocando de Primeira

“Quando qualquer pessoa chegar aqui, vai vê-lo. Ele está nos pedaços de mármore, barro, terra”, disse Neném Brennand, filha de Francisco Brennand, apontando para a Oficina. As palavras sintetizaram o sentimento do velório do artista plástico, realizado na Capela Imaculada Conceição. Familiares, amigos, colegas de profissão e personalidades foram até o local para a despedida.

Os preparativos para a cerimônia começaram no fim da tarde. A primeira pessoa a chegar no local foi Neném, sua primogênita, também responsável por externar o sentimento da família à imprensa. Cornélio, irmão, e Ricardo, primo, também estiveram por lá. O corpo de Brennand chegou por volta das 19h. Em seguida, foi celebrada uma missa em sua homenagem. Hoje, o artista será cremado. “As cinzas serão guardadas aqui, numa urna que ele mesmo fez”, comentou a filha.
O também artista plástico José Cláudio lembrava de como o conheceu. “Só o contato dele era uma valorização da minha existência. Nós fomos iniciados no mundo da arte por Abelardo da Hora. Ele fazia questão de mostrar que era pernambucano, de trazer a arte popular para a pintura erudita, numa época que isso espantava as pessoas.”
O curador artístico Pedro Frederico também foi ao local se despedir do amigo de adolescência. “Minha admiração só crescia por ele, que deixou um legado incrível. Ele foi muito importante para nós, artistas, e para o público brasileiro. Inovação e qualidade eram traços de sua obra. Tudo era muito genial.”
“Só de olhar para a obra dele, você já aprendia a volumetria da obra, desenhos, o que ele pintava e desenhava”, apontou Felix Farfan, artista plástico influenciado pelo estilo de Brennand. “Era fora de série”, acrescentou.
Fonte: Diário de Pernambuco
Tocando de Primeira