Gravidez: vivenciando esse momento sem medos

Compartilhe

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram

COISAS DE MULHER

Postado em 4 de setembro de 2016

Trocando Fraudas

Estar grávida não é estar doente, mas requer sim cuidados especiais e no início da gravidez em especial, os cuidados devem ser ainda maiores, pois nessa fase que o feto esta em formação. É durante o primeiro trimestre que os sintomas indesejáveis ocorrem, os enjoos matinais te visitam sem pedir licença, um sono descontrolado no meio do dia acontece mesmo tendo dormido uma noite inteirinha com direito há horas extras e a sensibilidade do corpo esta a flor da pele.

Estar grávida não é estar doente, mas requer sim cuidados especiais e no início da gravidez em especial, os cuidados devem ser ainda maiores, pois nessa fase que o feto esta em formação. É durante o primeiro trimestre que os sintomas indesejáveis ocorrem, os enjoos matinais te visitam sem pedir licença, um sono descontrolado no meio do dia acontece mesmo tendo dormido uma noite inteirinha com direito há horas extras e a sensibilidade do corpo esta a flor da pele.

O que não é Recomendado no Início da Gravidez?

Se você leva uma vida saudável e prática esportes normalmente, não precisa abandonar sua rotina, mas poderá faze-la de uma forma mais tranquila. Obviamente você não poderá fazer exercícios físicos que requer força física e muito menos que coloque em risco tua vida e do seu bebê como esportes radicais. Esportes que utilizam bola, lutas corporais e todo esporte que corra o risco de sofrer forte impacto inclusive com o chão, não são recomendados não só para o inicio da gravidez como até a recuperação do parto. Opte por esportes mais tranquilos como hidroginástica, caminhadas, no caso se já prática corrida, faça corridas leves de alguns minutos.

A vida sexual é outra questão bem questionada pelos casais, principalmente papais e mamães de primeira viagem. Muitos abandonam totalmente a vida sexual, seus desejos no inicio da gravidez e em alguns casos durante todo o período da gestação, com medos e questionamentos, se irá machucar o bebê ou se poderá causar algum mal a gravidez e se sentindo constrangidos não tiram suas dúvidas durante as consultas medicas. A relação sexual só não é recomendada em casos de risco de aborto, contrações muito fortes e sangramento, e claro que nesses casos o obstetra mesmo irá informa-los que não deverá ser praticado. Se a gravidez está indo de forma tranquila e saudável não tem porque o casal se privar, pelo contrário muitas mulheres tem o seu apetite sexual aumentado durante esse período já outras perdem totalmente a libido durante a gravidez inteira.

Outro questionamento bem comum nas consultas de pré- natal é em relação aos cuidados dos cabelos. Nem tudo que era utilizado no seu dia-a-dia poderá ser usado agora, principalmente tinturas que contenham amônia, alisadores e químicas no geral, principalmente no início da gravidez, pois especialistas acreditam que os produtos ao ter contato com o couro cabeludo absorvem o produto indo direto para corrente sanguínea, podendo afetar o bebê que esta em fase de desenvolvimento. Por isso é aconselhado aguardar esse início da gravidez, e a partir do segundo trimestre após liberação do seu obstetra, comece a utilizar shampoos tonalizantes para tingir os cabelos , produtos naturais e a velha e boa chapinha para alisar seus cabelos. A vaidade não precisa ser deixada de lado, mas se existem outras formas de se cuidar sem colocar em risco a saúde do bebê, porque não esperar alguns meses não é?

Júnior Trindade – Latino News Brasil

logo face latino

Gostou! Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram

TOP RELACIONADOS

Você também pode gostar