Conheça o Brasil no Latino News: Florianópolis

Conheça o Brasil no Latino News: Florianópolis

118
Compartilhar

O título de Ilha da Magia atribuído à Florianópolis faz cada vez mais sentido. Capaz de reunir natureza e patrimônio histórico preservados com infraestrutura de cidade grande, a capital enfeitiça tanto os turistas que muitos acabam voltando… para ficar. Desde 2000, a população da cidade aumentou 35%. Também aumentou o número de carros, etc… Porém, junto com eles, chegaram novas e ótimas ofertas gastronômicas, glamour de sobra e intervenções para melhorar o trânsito (apesar de, na alta temporada, não ter viaduto, túnel ou ponte que dê jeito nos congestionamentos).
São apenas 436,5 quilômetros quadrados, porém, capazes de abrigar praias paradisíacas, lagoas, dunas, trilhas em meio à Mata Atlântica, casario colonial, sítios arqueológicos, boates concorridas e restaurantes estrelados. Haja encantos!
Os grandes atrativos de Floripa são as praias que dizem, chegam a cem. Em cada região, uma peculiaridade – no Leste, onde estão Mole e Joaquina, surf e paquera são as marcas registradas.
Ao Norte, a badalação dos paradores de Jurerê atrai jovens dia e noite. Já as praias do Sul são as mais rústicas e têm como cartão-postal a intocada Lagoinha do Leste.

No quesito esportes, a ilha não é privilégio exclusivo dos surfistas. Generosa, incentiva à prática de muitos atividades dentro e fora d´água, como sandboard – descida de dunas em prancha de madeira -, windsurf, kitesurf e trekking.

Colonizada por imigrantes açorianos, a capital mantém em suas pequenas vilas as manifestações culturais e religiosas trazidas pelos portugueses. 

Nos povoados de Ribeirão da Ilha e de Santo Antônio de Lisboa as heranças estão preservadas ainda na arquitetura, no artesanato em cerâmica e renda e na culinária, à base de ostras produzidas na região.

Falando em frutos do mar, eles chegam fresquinhos também às mesas dos restaurantes espalhados pela Lagoa da Conceição, no Centro da ilha. Por lá, concentram-se também a maioria dos bares, boates e cafés, garantindo burburinho e agito noturno o ano inteiro.

Vilas açorianas

Os açorianos que chegaram à ilha há 200 anos deixaram como herança os bairros de Santo Antônio de Lisboa e de Ribeirão da Ilha. À beira-mar, preservam os costumes, as tradições e a arquitetura tão característica dos colonizadores – casinhas coloridas e geminadas.
Em Santo Antônio os destaques ficam por conta do casario, da igreja barroca de Nossa Senhora das Necessidades – palco da Festa do Divino –, do artesanato da Casa Açoriana e da paisagem formada por barquinhos de pescadores. Já no Ribeirão da Ilha as casas são ainda mais preservadas. Nos restaurantes locais, as ostras – criadas bem pertinho – são as estrelas do cardápio e chegam às mesas fresquinhas.
Recanto açoriano em Santo Antônio de Lisboa. Foto: Férias Brasil
Vilas açorianas. Fonte: Férias Brasil

Fonte: Férias Brasil