Procurando escola pro seu filho? Veja 10 dicas para ajudar na escolha

Procurando escola pro seu filho? Veja 10 dicas para ajudar na escolha

26
Compartilhar

Saber se a instituição tem valores parecidos com os da família, conhecer o projeto pedagógico e o ambiente ajudam na tomada de decisão

Procurando escola pro seu filho? Veja 10 dicas para ajudar na escolha

A responsabilidade de escolher onde seu filho vai estudar não é pequena, quem é pai e mãe sabe disso. O que todos querem é garantir a melhor educação possível dentro do orçamento da família.

Mas não é só isso. O local escolhido deve se enquadrar em uma série de variáveis, desde se os valores da família e da instituição combinam, até a localização, o projeto pedagógico e a estrutura. Confira abaixo 10 dicas para ajudá-lo nessa importante missão:

1 – Valores

Saber se a escola tem valores semelhantes aos da família é importante. Se em casa as regras são mais flexíveis, uma escola muito disciplinada pode não ser o ideal para seu filho, por exemplo. Se na família a criatividade é importante, uma instituição que promova muitas atividades artísticas se encaixaria melhor

2 – Liste as suas prioridades

Faça uma lista daquilo que acha fundamental, como o tipo de ensino, espaço físico, se quer turno integral ou parcial. A partir daí, verifique quais opções existem dentro da região escolhida.

3 – Converse com outros pais

Essa dica é antiga, mas continua bem atual. A boa e velha conversa sempre funciona. Procure por pais que já têm filhos matriculados na escola para saber mais detalhes na prática como a instituição funciona. Como é o ambiente, o projeto pedagógico. Assim, você vai saber se esse modelo se encaixa no que busca.

4 – Ouça seu filho

Seu o seu filho já é grandinho, a opinião dele deve ser bem-vinda nessa busca, porque afinal de contas é ele quem vai estudar. Converse com ele, saiba quais são as suas aspirações, seus objetivos, e tentem juntos procurar um colégio que se encaixe nisso.

5 – Visite os colégios

Pesquisas na internet, conversas com outros pais e artigos podem ser de grande ajuda, mas nada substitui uma visita ao local e a conversa com a equipe pedagógica. Isso lhe dará uma ideia mais clara. E leve os filhos junto, para saber como reagem ao ambiente.

6 – Atenção para o currículo

Cheque o currículo dos professores para saber se os profissionais são especializados em suas áreas. Também analise o projeto pedagógico e como é aplicado, entenda o que é valorizado naquele ambiente. Se seu objetivo é que os filhos entrem para o ensino superior, você pode ver o desempenho da escola no Enem, por exemplo.

7 – Escola segura

Não basta olhar para o conteúdo, é preciso estar atento ao prédio da escola. Leve em consideração a localização, se itens como corrimões e escadas estão em boas condições, se a manutenção é frequente, assim como se há funcionários suficientes para monitorar os estudantes.

8 – Atividades práticas

Aulas práticas e saídas de campo são ótimas maneiras de ajudar na socialização das crianças e também para o aprendizado em si. Se você considera esse tipo de atividade importante, verifique se nas instituições que está interessado isso faz parte do currículo.

9 – Além do português

Dominar uma segunda língua pode ser uma boa ferramenta para o futuro do seu filho. Além de verificar como o colégio trabalha esse ponto, você pode pesquisar por colégios bilíngues, se essa for uma prioridade pra você. Nesse caso, o ensino é feito em outros idiomas também.

10 – Preço

O custo, é claro, deve ser levado em conta. A mensalidade deve caber no seu orçamento. Confira se na instituição que você escolheu é possível tentar uma bolsa de estudos, como as do Educa Mais Brasil, que oferece descontos de até 70% em todas as séries. Para isso, você pode acessar o site www.educamaisbrasil.com.br para saber se as instituições de se interesse estão entre as mais de 18 mil parceiras em todo o Brasil.

Fonte: G1