Brasileiro toma choque e morre ao carregar celular no computador

Brasileiro toma choque e morre ao carregar celular no computador

172
Compartilhar

Iago Aguiar Mendes foi socorrido e levado a uma unidade de saúde, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu
(foto: Reprodução/Facebook)

Um jovem cearense de 16 anos morreu depois de tomar um choque ao colocar o celular para carregar no computador da escola que frequentava, na cidade de Tianguá, no Ceará. O estudante, Iago Aguiar Mendes, 16 anos, foi socorrido e levado a uma unidade de saúde, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu. O acidente aconteceu na quinta-feira (7/6).

De acordo com a Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), o corpo do adolescente foi encaminhado para o Núcleo da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce), onde foi submetido a exames e liberado em seguida. O laudo da morte está em elaboração e, quando concluído, será encaminhado para a Delegacia Regional de Tianguá.


No Facebook, o Colégio Santa Maria lamentou a morte do estudante e prestou uma homenagem a Iago. De acordo com a instituição, Iago estudava na escola desde seus anos primários e cursava o 2º ano do ensino médio.

“É com extrema tristeza e pesar que o colégio Santa Maria comunica o falecimento precoce do aluno Iago Aguiar Mendes, filho de Antonio Aristides e Ana Paula. Iago esteve conosco desde seus primeiros passos na escola até hoje, quando cursava a 2ª série do Ensino Médio. Por isso, o Colégio Santa Maria, por meio da direção, professores, funcionários, colegas e comunidade, une-se à família de Iago, lamentando profundamente esta fatalidade e pede a Deus, confiando em Sua infinita misericórdia, para que Ele nos conceda sabedoria, força e discernimento nesta hora tão díficl, ao mesmo tempo em que rogamos para que o receba com alegria em Sua morada eterna”, manifestou a escola.

Na publicação, muitas pessoas lamentaram a morte do jovem. “Sei que é uma dor imensurável, mas em minhas orações peço a Deus que te conforte”, dizia um dos comentários, dirigido à mãe do jovem.

Do Correio Braziliense