Brasileiro é preso na Flórida nos EUA acusado de violência doméstica

Brasileiro é preso na Flórida nos EUA acusado de violência doméstica

436
Compartilhar

NOVA YORK – O brasileiro vive nos Estados Unidos há apenas 3 meses e teria ido no local de trabalho da esposa, que atua como ajudante de diarista, e a ameaçou. Na ocasião, o brasileiro teria apontado uma pistola falsa para a mulher as colegas de trabalho dela. O casal tem duas filhas, de 4 e 6 anos de idade.

Assustada, a esposa de Oliveira saiu do local e buscou refúgio numa lanchonete, antes de retornar para casa. Ao reencontrar o marido, a briga teria reiniciado e ele a agrediu. A polícia foi acionada e diversas viaturas se deslocaram ao condomínio localizado na esquina da Sample Road e Military Trail. O brasileiro foi preso em flagrante.

A violência doméstica abarca comportamentos utilizados num relacionamento, por uma das partes, sobretudo para controlar a outra. As pessoas envolvidas podem ser casadas ou não, ser do mesmo sexo ou não, viver juntas, separadas ou namorar. Todos podemos ser vítimas de violência doméstica. As vítimas podem ser ricas ou pobres, de qualquer idade, sexo, religião, cultura, grupo étnico, orientação sexual, formação ou estado civil.

A violência doméstica funciona como um sistema circular, o chamado Ciclo da Violência Doméstica, que apresenta, no geral, três fases: 1) Aumento de tensão: as tensões acumuladas no quotidiano, as injúrias e as ameaças tecidas pelo agressor, criam, na vítima, uma sensação de perigo eminente. 2) Ataque violento: o agressor maltrata física e psicologicamente a vítima; estes maus-tratos tendem a escalar na sua frequência e intensidade. 3) Lua-de-mel: o agressor envolve agora a vítima de carinho e atenções, desculpando-se pelas agressões e prometendo mudar (nunca mais voltará a exercer violência).

Este ciclo caracteriza-se pela sua continuidade no tempo, isto é, pela sua repetição sucessiva ao longo de meses ou anos, podendo ser cada vez menores as fases da tensão e de apaziguamento e cada vez mais intensa a fase do ataque violento. Usualmente, este padrão de interação termina onde antes começou. Em situações limite, o culminar destes episódios poderá ser o homicídio.

Conforme o escritório do xerife do Condado de Broward, Oliveira foi autuado e encaminhado à Penitenciária Joseph V. Conte, em Pompano Beach (FL). Segundo o estatuto nº 784.03.1ª1(HG), ele é acusado de violência doméstica e agressão física. O valor da fiança foi determinado em US$ 1 mil.

Com Brazilian Times