Descubra como saber o tamanho do cachorro pela pata

Descubra como saber o tamanho do cachorro pela pata

58
Compartilhar

Tocando de Primeira

Mesmo os apaixonados por cachorros mais velhos não podem negar: os filhotes são muitos fofos. Com um jeito atrapalhado e encantador, eles conquistam a todos e são um sucesso entre os tutores. Apesar disso, uma dúvida muito grande é como saber o tamanho do cachorro pela pata?

A resposta para essa pergunta permite que muitos escolham o pet ideal para as suas condições e deem a ele, além de muito carinho e amor, a melhor qualidade de vida.

Tamanho do cachorro: um fator importante

Tocando de Primeira

Ao adotar um cão, muitos tutores se preocupam com o tamanho que o pet atingirá quando adulto. Além de ser bom ter uma ideia e imaginar seu amigo já grandinho, tentar saber de que proporção o cachorro ficará é um ato de responsabilidade, já que algumas casas não estão prontas para receber um pet de grande porte.

Nesse sentido, há quem diga que é possível adivinhar, pela pata, o quanto o animal vai crescer. Mas será que essa técnica dá resultados? A resposta é sim! É possível saber, pela pata, se um cachorro vai ficar grande.

O que observar ao olhar para as patas

Não há muito segredo para quem deseja prever o peso e o tamanho do cachorro pela pata. De acordo com a médica-veterinária da Petz, Dra. Thaís Batista, basta ver se ela é desproporcional em relação ao resto do corpo do pet.

Se seu amigo tiver patas bem grandes em comparação ao resto do corpo, ele provavelmente ficará alto quando crescer. O mesmo vale para o contrário: cachorros com patas pequenas tendem a ficar menores do que a média da raça, quando adultos. Mas é importante ressaltar que essa não é uma técnica exata e nem sempre terá resultados perfeitos.

Exceções à regra

A técnica de tentar prever o tamanho do cachorro pela pata funciona melhor em pets de raça definida, porque, nesse caso, estamos prevendo que o cão ficará maior ou menor em relação à média daquela raça. Já para os vira-latas é um pouco mais complicado, pois não sabemos o padrão de crescimento do animal.

Mas vale lembrar que a aplicação da regra da pata para dimensionar o porte do cachorro e seu peso possuem algumas exceções. Confira:

  • Border Collie – cachorros de porte grande possuem patas pequenas.
  • Galgo Inglês – conhecido por ser um cão de corrida, é muito esguio e possui patas pequenas em relação a seu tamanho.
  • Buldogue inglês – pequeno e robusto, o buldogue inglês possui patas grandes para a pouca altura que alcança.
  • Pug – uma raça conhecida por ser de pequeno porte, o pug possui patas grandes, desproporcionais ao tamanho do corpo.

Outras formas de identificar o porte do cachorro

Podemos responder a pergunta “como saber se o cachorro vai ficar grande” de outra forma. Isso porque, não é só a pata que pode indicar o tamanho que o pet terá quando adulto.

Outros traços dos filhotes também podem sinalizar se o cachorro ficará grande quando crescer. A Dra. Thaís listou para a gente os principais sinais de que você vai precisar de mais espaço para seu filho de quatro patas no futuro:

  • Orelhas grandes em comparação com o corpo (mas há exceções, como o cocker);
  • Peso acima da média para a idade;
  • Pele em excesso (se não for característico da raça),
  • Alta estatura em relação aos irmãos/cachorros da mesma idade.

Claro, esses dados podem variar de acordo com raça e com as características do cachorro. Alguns pets, por exemplo, são os menores da ninhada até certa idade, mas em dado momento crescem rapidamente, ganhando boa estatura em pouco tempo.

Sinais infalíveis

Já que a observação da pata não pode indicar, com certeza, o tamanho que o cachorro terá quando crescer, não deixe de tentar saber a altura dos pais do animal. Cachorros dificilmente crescem mais que seus pais e, provavelmente, seguirão a tendência da família.

Outra alternativa é, para cachorros de raça, procurar saber o tamanho médio dos pets semelhantes. Já se seu amigo não tiver raça definida e você não conhecer os pais, basta calcular a partir da idade dele: com 16 semanas, estima-se que o pet tenha metade de sua altura quando adulto. Com 6 meses, eles já terão 75% do máximo.

Fonte: Blog petz

Tocando de Primeira