Xuxa perde processo e como ‘Xuxa pedófila’ seguem no Google

Xuxa perde processo e como ‘Xuxa pedófila’ seguem no Google

1525
Compartilhar

Xuxa quer apagar buscas pelo filme Amor, Estranho Amor, no qual protagoniza cenas eróticas com um garoto de 12 anos
Apresentadora quer banir resultados que a associem com filme que protagonizou aos 19 anos. Foto: Cinearte Produções/Reprodução
Apresentadora quer banir resultados que a associem com filme que protagonizou aos 19 anos. Foto: Cinearte Produções/Reprodução
Xuxa Meneghel teve recurso negado, nesta terça-feira (2), pela 19ª Câmara Cível do Rio de Janeiro em ação movida conta o Google. No processo, iniciado em 2010, a apresentadora tenta remover do buscador resultados de pesquisa que relacionem o nome dela com a palavra “pedofilia”.

A ação é uma tentativa de dissociar a imagem de Xuxa do filme Amor, estranho amor (1982), em que ela, aos 19 anos, protagonizou uma cena erótica com um ator de 12 anos. No processo, ela solicita a retirada de palavras que a associem “parcial ou integralmente, e independente de grafia, se correta ou equivocada, a uma prática criminosa qualquer.

O texto da decisão, ocorrida em segunda instância, afirma que “por unanimidade, após rejeitadas as preliminares, no mérito, negou-se provimento ao recurso, nos termos do voto da desembargadora relatora Valeria Dacheux Nascimento”.

Em 2013, a apresentadora venceu na Justiça e conseguiu impedir que a Cinearte Produções, distribuidora responsável pela obra, relançasse o filme. Procurada pelo Viver, a assessoria de imprensa se Xuxa afirmou que não comenta assuntos jurídicos.

Do diário de PE