Sobe para 121 o número de mortes em Brumadinho

Sobe para 121 o número de mortes em Brumadinho

33
Compartilhar

Os trabalhos de busca por vítimas da tragédia de Brumadinho entram no 9º dia neste sábado (2). Trabalham no local mais de 250 bombeiros e 22 cães farejadores. Desde esta sexta-feira (1º), quando o rompimento da barragem da Vale na Grande BH completou uma semana, a operação de resgate entrou numa nova fase e não tem data para acabar, segundo as autoridades.

O Corpo de Bombeiros informou que subiu para 121 o número de mortos. Destes, 94 já foram identificados. Também há 226 pessoas desaparecidas.

Números da tragédia

  • 121 mortos confirmados – 94 identificados
  • 226 desaparecidos
  • 192 resgatados
  • 395 localizados

A barragem de rejeitos, que ficava na mina do Córrego do Feijão, em Brumadinho, se rompeu na sexta-feira (25). O mar de lama varreu a comunidade local e parte do centro administrativo e do refeitório da Vale. Entre as vítimas, estão pessoas que moravam no entorno e funcionários da mineradora. A vegetação e rios foram atingidos.

Desde sábado (26), não são achados sobreviventes. Para os bombeiros, é muito pequena a possibilidade de achar alguém vivo em meio ao mar de lama. Já o prefeito de Brumadinho, Avimar Barcelos, disse em entrevista nesta sexta: “Neste momento estamos mais preocupados em resgatar vidas, e depois resgatar corpos”.

 Fonte: G1