No Aeroporto do Recife, passageiro pode despachar bagagem sozinho a partir do...

No Aeroporto do Recife, passageiro pode despachar bagagem sozinho a partir do segundo semestre de 2018

104
Compartilhar

Segundo a Infraero, será o primeiro terminal aéreo do Brasil a ter o sistema de auto despacho de bagagem, que também chegará a outros seis aeroportos do país em 2019.

Aeroporto Internacional do Recife fica na Zona Sul da capital (Foto: Arquivo/G1)

Aeroporto Internacional do Recife fica na Zona Sul da capital (Foto: Arquivo/G1)

O Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes – Gilberto Freyre, localizado na Zona Sul da capital, será o primeiro do Brasil a receber um sistema de autodespacho de bagagem. A tecnologia Self Bag Drop ficará disponível no segundo semestre de 2018, segundo a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), que informou que a data do início do serviço está em definição.

Através dessa tecnologia, que é utilizada em aeroportos de países como Irlanda e Coreia do Sul, os passageiros podem fazer o check-in nos terminais de autoatendimento e despacho de mala, sem precisar da interferência de funcionários das companhias aéreas. No Recife, a previsão é de que a ferramenta funcione utilizando as instalações já existentes no aeroporto.

Ainda de acordo com a estatal, outros seis aeroportos gerenciados por ela vão receber esse sistema de autodespacho de bagagem até o primeiro trimestre de 2019. A tecnologia também vai ser implantada nos aeroportos de Congonhas (SP), Santos Dumont (RJ), Curitiba (PR), Belém(PA), Goiânia (GO) e Maceió (AL).

O projeto inclui também a ferramenta de check-in compartilhado, que permite reunir os sistemas das empresas aéreas em um mesmo totem de autoatendimento, à disposição dos passageiros.

Para despachar a bagagem por conta própria, passageiro precisa escanear etiqueta previamente colocada na bagagem (Foto: Reprodução/YouTube)

Para despachar a bagagem por conta própria, passageiro precisa escanear etiqueta previamente colocada na bagagem (Foto: Reprodução/YouTube)

Como funciona

No terminal de autoatendimento, os passageiros podem imprimir as etiquetas de identificação das malas e colocá-las nas bagagens, além de pesá-las. Com o cartão de embarque em mãos, é possível escanear o documento e, posteriormente, escanear as etiquetas. Após esse processo, a esteira automaticamente leva as malas para serem distribuídas nos aviões pelos funcionários do aeroporto.