Morte de adolescente de 14 anos comove a comunidade brasileira nos EUA

Morte de adolescente de 14 anos comove a comunidade brasileira nos EUA

41216
Compartilhar

Tocando de Primeira

NOVA YORK – A comunidade brasileira que vive nos EUA, está comovida com a dor de uma mãe que perdeu seu filho na cidade de Newark, no estado americano de Nova Jersey, na noite de sexta (09).


O motivo foi o falecimento de Dylan Bueno Ferreira, de apenas 14 anos. Inconformada, a mãe do rapaz, Ariane Ferreira Bueno, postou mensagens emocionadas na madrugada de sábado. “Diz pra mim que é mentira”. E menos de 1 hora depois, ela disse “eu não sei como sobreviver”.

Tocando de Primeira

Leia o depoimento emocionante que Ariane Ferreira, mãe de Dylan, postou nas redes sociais:

“A depressão mata. Meu filho sempre foi alegre, brincalhão , o palhaço da turma. Isso ele herdou de mim. Mas havia algo dentro dele que não estava bem. Algo que eu não consegui tirar. Sempre conversei com ele sobre tudo. Nunca escondi nada dele. Mas ele escondeu de mim, essa depressão que eu não sei por onde começou nem porquê. Ele teve muitos problemas nessa escola Ann , não por nota, pois ele fazia provas sem estudar e tinha notas altas. Ele era muito inteligente. Mas a escola queria fazer dele um Robô, não pode conversar, não pode brincar, não pode fazer os outros rirem. Eles queriam me obrigar a dar remédio pra ele, remédio esse que não seria para um tratamento de adhd, e sim para deixá-lo focado, robô, zumbi, remédio que o deixava sem dormir, sem comer, sem sorrir. E eu me neguei. Essa escola fez muita pressão encima do meu menino, coisa que eu nunca fiz. Eu sempre falei pra ele: filho, você não precisa ser a estrelinha da classe, pra mim me basta você ter notas e passar de ano. Não estou culpando a escola, mas ela contribuiu pra infelicidade dele. Eu quis mudá-lo daqui, mas ele não queria pois cresceu com seus amigos, e ia graduar com eles. A gota d’água foi terem tirado o prazer dele receber o anel da graduação. Sabem por quê? Porque ele não se comportou! Ele foi discriminado e deixado de lado, vendo seus amigos receberem o anel e ele não. Semana passada falaram pra mim e pra ele: que ele poderia não fazer a caminhada da graduação e receber o diploma e o livro. Regras da escola? Sim! Nossas crianças têm que ser perfeitas pra manter o level lá encima das crianças perfeitas! Meu filho era lindo, perfeito, amado, inteligente, querido por todos. E todos querem sabem como ele morreu. Pois bem, para que vocês não precisem mais me mandar mensagens perguntando, Dylan tirou a própria vida, em casa, enquanto eu estava fazendo comida na cozinha. Eu o encontrei. Eu e meu marido tentamos reanimá-lo, desesperadamente, incansavelmente, mas ele já tinha partido. O meu bebê, que eu criei, cuidei de cada arranhão, levei pra escola enrolado no cobertor pra não sentir frio, ia no recreio da escola olhar por ele, dei castigo quando precisou (mas não durava muito tempo porque ele sempre me convencia com aquela carinha linda).
Todas vocês, mães e pais, conversem com seus filhos, contem a minha triste história. Digam pra eles: se vocês sabem de algum amiguinho que esteja triste, contem pra seus pais, e se vocês estiverem tristes, se abram com seus pais. Eu não sei se eu poderia ter evitado essa tragédia na minha vida. Eu tentei ser uma boa mãe pra meu filho. Não sou perfeita, mas eu tentei. E eu vou continuar tentando com Henry, apesar de agora eu não ter forças, mas Deus e todos vocês, um a um, que passaram na minha casa, estão me ajudando. Cada amiguinho do Dylan que me abraçou, eu senti um pouquinho do meu filho neles. Essa música ele cantou em um momento triste, quando uma amiga também tentou tirar a vida. Não julguem meu filho, ele era uma criança, e eu sei que meu Pai já o recebeu, eu sei que ele agora está em paz, onde ele poderá sorrir, e ele vai cuidar de mim lá do Céu. Ele já tem muitos anjinhos em volta dele! Obrigada a cada um de vocês por todo apoio. Deus abençoe a vocês e a seus filhos. Um dia quem sabe eu volto a sorrir, mas agora eu só quero chorar…”

Amigos da família lançaram uma campanha no GoFundMe para ajudar com o funeral do jovem. Quem quiser contribuir, basta acessar o link a seguir: https://www.gofundme.com/funeral-e-enterro-do-dylan

Alerta 🚨 aos pais!Hoje a cidade de Newark NJ amanheceu com lágrimas 😭 O filho da nossa amiga Ariene de 14 anos morreu essa noite ,foi um choque para todos nós ,peço a todos orações para essa família,que Deus há conforte ,principalmente essa mãe que está sem chão agora ,ohhhh meu Deus porque ? Eu não to acreditando nisso ,já chorei com essa mãe e sei o tamanho da dor que ela tá sentindo 😭((Perder um filho é como arrancar o coração do peito e nunca mais o colocar de volta no lugar))🙏🏼💔💔💔💔💔💔

Posted by Zilda Rodrigues Queijo Trufado on Saturday, March 10, 2018

 

Tocando de Primeira