Filho de brasileiros morre afogado em piscina em New Hampshire nos EUA

Filho de brasileiros morre afogado em piscina em New Hampshire nos EUA

564
Compartilhar

NOVA YORK – Uma tragédia abalou a comunidade brasileira que vive em New Hampshire e Boston esta semana, depois que o pequeno Adriel Amorim, de três anos, morreu afogado em uma piscina dentro de uma área coberta.

Adriel morreu afogado em piscina

De acordo com informações divulgadas pelo jornal Brazilian Times, os pais Adriano e Andreia Amorim estavam em um encontro religioso na casa de amigos em uma cidade próxima. Pouco antes das 9:00 p.m., o pequeno Adriel saiu da casa sem que ninguém percebesse. Logo depois, os pais foram procurar por ele e o encontraram dentro da piscina, inconsciente.

Segundo informações da polícia, o socorro chegou rapidamente, a criança levada para o hospital às pressas, mas não resistiu. O chefe dos bombeiros disse que os policiais chegaram à casa poucos minutos depois de serem acionados, antes das 9:00 p.m. e uma ambulância chegou dentro de quatro a seis minutos depois.

“Os primeiros-socorros foram iniciados pelas pessoas que estavam na casa”, disse o chefe dos bombeiros de New Boston, Dan MacDonald.

Ele acrescentou que o menino e sua família é de Manchester (NH), e as pessoas na casa em New Boston (NH) em uma reunião religiosa.

O menino foi levado para a sala de emergência do Centro Médico Católico. “Eles trabalharam rápido e conseguiram reanimar o menino o suficiente para mantê-lo vivo e ser levado de helicóptero para Boston (MA)”, disse MacDonald. Mas infelizmente, depois de chegar ao local ele foi dado como morto.

Adriel tinha duas irmãs, Hanna e Rebeca. Amigos da família criaram uma página no GoFundMe para arrecadar fundos para o funeral e escreveram a seguinte mensagem: “Nós estamos de coração partido em comunicar o infortúnio da partida do nosso amado, Adriel Amorim. Não há nada que possamos dizer ou fazer, somente amar e lembrar do menino Adriel Amorim do jeito alegre que ele era. Adriel Amorim um menino novo amado pelas suas irmãs Rebecca e Hanna”. A campanha já arrecadou até o momento $12,8 mil.

Com Braziliam Times