Hoje é Memorial Day, um dos mais importantes feriados americanos que celebra...

Hoje é Memorial Day, um dos mais importantes feriados americanos que celebra os combatentes mortos em guerras

193
Compartilhar

NOVA YORK – A história do Memorial Day data da época da Guerra Civil Americana. Começou como um evento para honrar os soldados que haviam morrido durante a guerra. Diz-se ter sido inspirado pela maneira como os sulistas honravam os mortos.

A celebração nacional original do Decoration Day foi realizada em 30 de maio de 1868. Vinte e quatro cidades do país reivindicavam para si terem sido o local onde nasceu a tradição do Memorial Day. Mas Waterloo, em New York, foi declarada oficialmente como o berço do Memorial Day pelo presidente Lyndon Johnson em maio de 1966.

No final do século 19, o feriado (anteriormente chamado de Decoration Day) tornou-se conhecido como Memorial Day e expandiu-se para incluir os veteranos que morreram em combate durante todas as guerras nas quais se envolveram as forças militares americanas.

Antigamente, o feriado costumava ser comemorado no dia 30 de maio, independentemente do dia da semana. Em 1968, com aprovação da lei de uniformização dos feriados, a data passou a ser móvel e é celebrada na última segunda-feira do mês de maio. Aliás, todos feriados americanos são celebrados às segundas-feiras para evitar as chamadas “emendas” – muito praticadas no Brasil, por exemplo -, com exceção do Ano Novo, Dia da Independência, Thanksgiving e Natal.

Tradicionalmente, Memorial Day é visto como um período para lembrar e honrar aqueles que pereceram defendendo o país. Por todo Estados Unidos é comum visitar cemitérios, particularmente os militares, e decorar os túmulos dos falecidos com flores, miniaturas de bandeiras e coroas de flores.

Outras tradições comuns do Memorial Day incluem o hasteamento da bandeira dos EUA até o topo do mastro e depois baixá-la a meio pau para voltar a erguê-la à altura máxima no meio-dia. Baixar a bandeira a meio pau representa uma maneira de honrar os soldados que morreram pelo país. Já o reerguimento da bandeira simboliza a luta pela liberdade para lembrar que os heróis da nação não morreram em vão.

No gramado do lado oeste do Capitólio em Washington, um concerto de Memorial Day é realizado anualmente e transmitido ao vivo para toda nação. Além disto, há vários desfiles de Memorial Day nas pequenas e grandes cidades do país. Muitos usarão papoulas vermelhas. Esta tradição surgiu do famoso poema do canadense John McCrae conhecido como ‘In Flander’s Fields’, do qual Moina Michael teve a ideia de usar papoulas vermelhas no Memorial Day em honra daqueles que morreram a serviço da nação durante a guerra.

A grandiosidade do feriado espalhou-se entre os civis e muita gente usa a data para homenagear seus mortos, indo aos cemitérios e depositando flores em seus túmulos, a exemplo do que é feito no Dia dos Finados no Brasil.

E, claro, que muitos preferem aproveitar o feriadão e viajar, sobretudo para praias e lagos, pois os Estados Unidos estão na primavera (este é o único feriado americano desta estação), e as temperaturas costumam estar altas, convidativas, portanto, para usufruir diversão ao ar livre. As autoridades policiais apenas alertam para ninguém se exceder na bebida a fim de evitar acidentes, tanto em terra como na água, porque muita gente não presta atenção ao leme e as consequências podem ser fatais.

Texto originalmente publicado no blog dicasdotozzi.com