Garotinha americana que nasceu sem as mãos ganha prêmio de caligrafia nos...

Garotinha americana que nasceu sem as mãos ganha prêmio de caligrafia nos EUA

214
Compartilhar

NOVA YORK – Continuando a desafiar as probabilidades – é o que Anaya Ellick, uma garota de 9 anos de Chesapeake, no estado da Virgínia, faz com o traço de seu lápis. “Eu posso fazer isso se eu tentar”, diz a menina que mesmo sem as mãos acaba de ganhar o segundo prêmio de caligrafia.

O fato de Anaya não ter as mãos e dedos não a impediu de ganhar um prêmio do Concurso Nacional de Caligrafia Zaner-Bloser sob uma categoria de necessidades especiais por sua letra cursiva, na última quarta-feira, 9.

Professores da Greenbrier Christian Academy dizem que a menina é quieta e tímida, mas persistente. Mas “Anaya é um modelo para todos”, explicou a professora da terceira série Sara Cannaday.

A garota não usa prótese e aprendeu a segurar um lápis entre os dois braços para escrever e desenhar.

“Estou orgulhosa porque isso a encoraja”, disse a mãe de Anaya, Bianca Middleton. “Para ela ver que o trabalho duro vale a pena.”

Anaya fez manchetes pela primeira vez em 2016 quando ganhou o prêmio por sua caligrafia.

“Eu fiquei feliz e pensei que minha mãe estava brincando quando disse que eu ganhei novamente”, disse a aluna.

Os pais dizem que a deficiência não a impede de nada.

“Ela é realmente independente – de amarrar sapatos, colocar roupas, tomar banho”, disse Gary Ellick, pai de Anaya. “Sempre foi como ‘eu posso fazer isso’. Então, isso só continuou ao longo dos anos”, salienta o pai.

Anaya revela que o esporte pode ser a próxima coisa que ela irá tentar.

Veja a reportagem do USA Today:

Com CNN / USA TODAY