Marcas de moda assinam acordo para criar indústria mais sustentável

Marcas de moda assinam acordo para criar indústria mais sustentável

24
Compartilhar

Tocando de Primeira

Uma boa notícia para o mundo da moda ocorreu nesta semana. Durante o encontro do G7, que reuniu os líderes das sete maiores economias do mundo entre os dias 24 e 26 em Biarritz, na França, grandes empresas do setor fashion assinaram um acordo internacional se comprometendo a terem práticas mais sustentáveis em suas produções. A indústria da moda é a segunda maior poluidora do mundo, ficando atrás apenas da do petróleo. Além disso, o mercado fashion também é um dos culpados pela grande quantidade de microplásticos que estão cada vez mais presentes nos oceanos.

Parte dessas partículas são expelidas de tecidos provenientes do petróleo durante a lavagem. Segundo a Ellen MacArthur Foundation, as fibras sintéticas mandam para os mares o equivalente a 50 bilhões de garras plásticas todos os anos. Deu para ver que é bem importante pensar em formas menos danosas à natureza para levar o setor, né?

Tocando de Primeira

A ideia do chamado Fashion Pact foi uma iniciativa do presidente francês Emmanuel Macron, que convocou François-Henri Pinault, CEO do grupo de luxo Kering, dono de marcas como Gucci, Saint Laurent e Balenciaga, para ajudá-lo na missão de recrutar marcas para se juntarem a eles. Entre os tópicos do acordo, estão a eliminação de plásticos de uso único, reciclagem de tecidos e uso de fontes de energia renovável. A data limite firmada pelo grupo para começarem a executar os processos mais sustentáveis foi 2030.

O pacto também diz que as grifes devem zerar suas emissões de carbono até 2050. A ideia do projeto é que os participantes também troquem conhecimento sobre produções mais alinhadas com o meio ambiente e consigam se ajudar nesse aspecto. Mais de 150 marcas já assinaram o acordo, entre elas estão ChanelPrada, H&MZaraNike, Adidas,Puma e Burberry.

“Estamos orgulhosos de fazer parte dessa iniciativa. Graças ao Fashion Pact, pela primeira vez grandes grupos da indústria fashion estão unindo forças no maior desafio ambiental do nosso século”, disse Ferruccio Ferragamo, presidente da grife italiana Salvatore Ferragamo em comunicado à revista Teen Vogue. “Alcançar as necessidades de hoje sem impedir as gerações futuras de alcançarem as suas é um desafio imenso que devemos todos resolver juntos” 

Fonte: Capricho

Tocando de Primeira