Príncipe Harry e Meghan Markle estão oficialmente casados

Príncipe Harry e Meghan Markle estão oficialmente casados

109
Compartilhar

(foto: / AFP / POOL / Ben Birchall )

O príncipe Harry da Inglaterra e a atriz americana Meghan Markle foram declarados neste sábado marido e mulher pelo arcebispo de Canterbury, Justin Welby, em uma cerimônia na igreja de São Jorge de Windsor.

O líder espiritual da Igreja Anglicana presidiu a cerimônia de casamento dos duques de Sussex diante da rainha Elizabeth II, da família real e de várias celebridades, como Elton John e George Clooney.


O casamento de Meghan Markle e do príncipe Harry foi realizado na igreja de São Jorge de Windsor. A atriz americana caminhou praticamente sozinha até o altar.

A noiva foi acompanhada pelo sogro, o príncipe Charles, a poucos metros do altar, após a polêmica provocada pela ausência de seu pai, Thomas Markle.

Markle usa um vestido branco criado pela estilista britânica Clare Waight Keller, diretora artística da marca francesa Givenchy.

Moderno, de corte simples mas muito elegante, o vestido da noiva de 36 anos tem mangas compridas, cauda longa e véu.

As pessoas nas ruas saudaram a sua chegada, assim como celebraram a saída da noiva do hotel, exibida em telões.

Markle seguiu para a igreja a bordo de um Rolls-Royce Phantom IV, ao lado de sua mãe Doria Ragland.


O cantor Elton John, a apresentadora de TV Oprah Winfrey, os atores George Clooney e Idriss Elba, o ex-jogador de futebol David Beckham e as ex-namoradas de Harry, Chelsy Davy e Cressida Bonas, estavam na igreja de São Jorge, que recebe o 16º casamento real desde 1863.

As ruas de Windsor estavam lotadas de pessoas que aguardavam a saída do casal em uma carruagem às 13H00 (9H00 de Brasília), após a cerimônia religiosa.

Neste sábado, a rainha Elizabeth II nomeou Harry duque de Sussex, conde de Dumbarton e barão de Kilkeel, respectivamente, um título nobiliário inglês, escocês e norte-irlandês, como determina a tradição.

“Stand By Me”

O príncipe Charles, herdeiro da coroa, levou até o altar sua nora, após a atriz confirmar que seu pai, Thomas Markle, não iria comparecerá à cerimônia por problemas de saúde.

Thomas, 73 anos, provocou escândalo pelas fotos que aceitou encenar sobre seus preparativos para o casamento, apesar de ter reclamado do assédio da imprensa. As imagens teriam sido vendidas por 100.000 dólares (84.000 euros), segundo o tabloide Daily Mirror.

Também não participaram os dois meio irmãos de Meghan, que fizeram declarações negativas sobre a noiva, e a única representante da família foi a mãe da atriz, Doria Ragland, que foi com ela de carro até a igreja.

A cerimônia se ajustou às tradições da Igreja da Inglaterra, mas com alguns toques diferentes, como o coro gospel que cantou “Stand By Me”, e o sermão de um pastor americano.

O arcebispo de Canterbury, Justin Welby, líder espiritual da Igreja da Inglaterra, tomou os votos do casal, que descreveu como “muito sinceros e humildes”.

Em tempos de Brexit, sempre há Elizabeth I

Markle é a primeira mulher de origem negra na família real britânica que se tem notícia, aproximando mais do que nunca o Palácio de Buckingham aos bairros jamaicanos de Londres, onde o casamento desperta interesse.

Do Estado de Minas*

*Com informações da AFP