Ex-chefe do ICE é condenado por furtar identidades de imigrantes para conseguir...

Ex-chefe do ICE é condenado por furtar identidades de imigrantes para conseguir empréstimos e cometer outras fraudes

124
Compartilhar

NOVA YORK – Um ex-funcionário do U.S. Immigration and Customs Enforcement (ICE) foi condenado a quatro anos de prisão e a pagar $190 mil para restituir vítimas na quinta-feira (28) em Seattle, Washington. Raphael A. Sanchez utilizava informações a que tinha acesso de imigrantes para solicitar empréstimos, cartões de créditos e cometer outras fraudes. Com informações da AP.

Ex-agente de imigração furtou dezenas de identidades de imigrantes

Ele se declarou culpado no Departamento de Justiça e teve o pedido aceito pelo juiz. Sanches, responsável por deportar diversos imigrantes indocumentados em vários estados, furtou identidades de pessoas que “eram particularmente vulneráveis, prestes a serem deportados”, informou a acusação.

Raphael foi acusado também de mentir em formulários de declaração de imposto de renda entre 2014 e 2016, reportando falsos dependentes para obter mais dinheiro na restituição. Ele foi afastado de suas funções no ICE depois das acusações.

De acordo com a promotoria, ele operou as fraudes entre 2013 e 2017, e chego a obter mais de $200 mil por meio dos esquemas. Ele abriu contas em banco sob o nome de imigrantes, abriu linhas de crédito, cartões de crédito e furtou números de social security, entre outras informações.

“Ele colocava sua própria foto em informações de outras pessoas para obter vantagens. Para se passar por uma mulher, ele chegou a postar uma foto de uma mulher que já havia morrido”, acrescentou a acusação.

Com Agência AP