Argentina apreende arsenal de 1000 armas que seriam enviadas ao Brasil

Argentina apreende arsenal de 1000 armas que seriam enviadas ao Brasil

60
Compartilhar

Tocando de Primeira

Um verdadeiro arsenal de guerra foi apreendido nesta quinta-feira na Argentina numa mega investigação que envolveu a colaboração de autoridades da Argentina, Estados Unidos e Brasil. Cerca de 1.000 armas, entre fuzis, metralhadoras e espingardas, foram apreendidas pelas forças policiais argentinas em 52 endereços diferentes nas cidades de Buenos Aires, Córdoba, Rio Negro e Santiago Del Estero. Ao todo, pelo menos 17 pessoas foram presas. O destino final das armas era o Brasil.

Segundo uma fonte da Polícia Federal, há dois brasileiros do interior de São Paulo envolvidos com a quadrilha de tráfico internacional de armas. Um deles foi preso pela Polícia Civil e outro está solto. Eles teriam o registro regular de atirador esportivo, licença que é concedida pelo Exército brasileiro.

Tocando de Primeira

Conforme informações concedidas pela ministra de Segurança da Argentina, Patricia Bullrich, as armas vinham em peças dos Estados Unidos e da Europa, eram montadas na Argentina e enviadas ao Paraguai. De lá, entrariam no Brasil pela cidade de Pedro Juan Caballero, que faz fronteira com Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul. O município é palco de uma guerra sangrenta entre as facções criminosas Primeiro Comando da Capital (PCC) e o Comando Vermelho há pelo menos dois anos.

Fonte: Veja

Tocando de Primeira