Trump diz que 25 milhões de imigrantes indocumentados vivem nos EUA

Trump diz que 25 milhões de imigrantes indocumentados vivem nos EUA

58
Compartilhar

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou neste domingo, sem citar fontes, que o número de imigrantes ilegais no país é de 25 milhões, mais que o dobro da estimativa das autoridades locais, que era de 11 milhões. “Nem sequer estamos em fevereiro e o custo da imigração ilegal neste ano, até agora, é de US$ 18.959.495.168.

O custo na sexta-feira foi de US$ 603.331.392″, escreveu chefe de Estado, também sem apontar a fundamentação da informação. “Há, pelo menos, 25.772.342 imigrantes ilegais, não os 11.000.000 que foram informados durante anos no nosso país. Ridículo!”, completou Trump, que terminou a postagem com a sigla do Departamento de Segurança Nacional, encarregado de conduzir a política migratória americana.

Ainda antes de chegar ao poder, o presidente já havia apontado inúmeras vezes ter desconfiança de diversos dados oficiais, muitas vezes, divulgando números muito diferentes, sem, no entanto, revelar a fonte.

No fim de outubro do ano passado, Trump chegou a afirmar que existia entre “25 a 30 milhões de pessoas ilegalmente no país” e atribuiu esse número a política do ‘catch release’ (prender e libertar), em que os agentes fronteiriços podem soltar detidos até o julgamento da deportação.

O governo dos Estados Unidos não divulga dados oficiais sobre imigrantes ilegais, mas, o renomado centro de estatísticas Pew calcula anualmente a informação, se baseando em dados do Censo e de outras pesquisas mensais realizadas pelas autoridades do país.

Segundo o último relatório da Pew, relativo a 2016, divulgado em novembro do ano passado, havia naquele momento 10,7 milhões de imigrantes ilegais no país, o número mais baixo da última década. O pico chegou a 12,2 milhões, em 2007, o que representava 4% da população vivendo em solo americano.

Fonte:  Braziliantimes