Febre amarela: Sobe para 13 o número de macacos mortos pela doença...

Febre amarela: Sobe para 13 o número de macacos mortos pela doença em São Roque

23
Compartilhar

Mais 11 casos positivo para a doença foram confirmados pelo Departamento de Saúde nesta quarta-feira (6). Unidades de saúde vão atender em horário estendido.

Vacinação contra febre amarela foi intensifica nas unidades de saúde em São Roque  (Foto: Reprodução/TV TEM )

Vacinação contra febre amarela foi intensifica nas unidades de saúde em São Roque (Foto: Reprodução/TV TEM )

A Prefeitura de São Roque (SP) divulgou nesta quarta-feira (6) a confirmação da morte de mais 11 macacos por febre amarela na cidade, desde o início do ano. Com o novo laudo, sobe para 13 o número de primatas mortos infectados pela doença.

Desde o início da semana, o Departamento de Saúde intensificou a vacinação contra febre amarela em vários bairros.

Ainda segundo a prefeitura, 22 óbitos de macacos foram investigados, e 13 confirmados. O primeiro registro ocorreu em fevereiro, no bairro do Carmo, e o segundo no mês de novembro, na rodovia Raposo Tavares.

Os 11 novos casos são de dezembro, sendo 3 no bairro Alto da Serra, 5 em Maylasky, 1 em Canguera, 1 na Campininha e 1 no Goianã.

Dos nove demais óbitos, 7 deram negativo para febre amarela e dois aguardam resultados.

Vacinação

Não há caso de febre amarela confirmado em humanos em São Roque, mas a prefeitura afirma que a vacinação contra a doença será feita em todas as Unidades Básicas de Saúde do município nesta quinta (7) e sexta-feira (8), das 7h às 16h.

O horário de atendimento nas UBSs será estendido na próxima semana, de segunda (11) a sexta-feira (15), das 7h às 19h.

A administração municipal esclarece que dispõe de 50 mil doses da vacina para essa etapa emergencial, considerando que 38 mil pessoas já foram imunizadas contra a doença neste ano, portanto o estoque seria suficiente para atender a demanda.

O Departamento de Saúde esclarece que a vacina tem dose única e é recomendada para pessoas de nove meses a 60 anos de idade. Os idosos só poderão tomar a dose apresentando prescrição médica.

Além disso, todos os moradores devem apresentar a carteirinha de vacinação para receber a dose.

Unidades Básicas de Saúde de São Roque

– CSII
– Unidade Central
– Vila Nova
– Saboó
– São João Novo
– Villágio Emília
– Maylasky
– Canguera
– Carmo
– Goianã

Fonte: Bem Estar