Estudantes da UFPE são selecionados para estagiar na sede do Facebook

Estudantes da UFPE são selecionados para estagiar na sede do Facebook

58
Compartilhar

Cinco alunos do Centro de Informática (CIn) da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) foram selecionados para estagiar na sede do Facebook, em Londres, na Inglaterra. Os jovens embarcam rumo à Europa no primeiro semestre de 2018, com o objetivo de desenvolver tanto ferramentas mais novas da plataforma quanto dos sistemas centrais da rede social.

Alunos dos cursos de ciência da computação e engenharia da computação, Divino Neto, Higor Botelho, Orlando Aceto, Rodrigo Souza e Arthur Costa vão mexer com ferramentas de engenharia e exercerão tarefas relacionadas ao Community Integrity, que faz parte da proteção do Facebook contra discurso de ódio e conteúdos terroristas.

A oportunidade bateu na porta de Higor, de 20 anos, por meio de uma indicação vinda de outro aluno, que já havia tido contato com a empresa. “Conheci pessoas que trabalharam lá ou que ainda iam trabalhar. Foram essas pessoas que me fizeram tentar meu sonho porque, antes de eu entrar no Centro de Informática, achava que não era possível ou factível”, contou.

Em nota, o Facebook afirmou que, durante as entrevistas, os engenheiros avaliaram o conhecimento dos candidatos quanto a algoritmos, além das habilidades em comunicação e programação. Os pernambucanos não foram os únicos a ganharem a oportunidade.

“Contratamos estudantes do Chile, do Brasil, da Argentina e do Uruguai, mas estamos abertos a estudantes de todo o mundo. Todos os anos contratamos mais de mil estagiários em todo o mundo. Nosso processo de aplicação é contínuo, e recomendamos que as pessoas se candidatem a partir de janeiro ou fevereiro para um estágio de verão, embora o recrutamento seja feito durante o ano inteiro. Buscamos por estudantes que estejam empolgados em nos ajudar a alcançar nossa missão de dar poder de criar comunidades e aproximar o mundo”, destaca o texto.

Para Artur, de 20 anos, que foi submetido a uma videoconferência em inglês, o idioma não foi um problema. “Foi bem tranquilo, assim como eu espero que seja quando chegar lá. Não conheço Londres e estou animado, mas acho que a ansiedade só vai bater quando tiver mais perto de ir”, falou o estudante.

Como Higor, a chance de Arthur estagiar na empresa também ocorreu por meio de indicação de um aluno. Grato pela atitude do colega, ele garante que vai agradecer o ato dando oportunidades para outros jovens. “Há muitas pessoas que valem a pena você indicar, bons alunos. Assim que possível, vou indicar para continuar esse ciclo”, ressalta.

O programa no qual os estudantes foram selecionados tem início entre maio e abril de 2018 com encerramento entre agosto e setembro do mesmo ano. Ao fim desse período, há, ainda, a chance de contratação. “O programa de estágio também é um programa de avaliação, onde o aluno deve obter um bom desempenho durante o período. Após a formação acadêmica, eles podem ser considerados para desempenhar uma função integral”, completou o Facebook na nota.

É nessa chance que Higor está se agarrando. “Seria o ideal no meu caso porque o que eu realmente quero para mim é conseguir um emprego e fazer minha vida fora do Brasil. Eu estaria no melhor trabalho, na melhor cidade. Farei o possível para conseguir essa contratação”, concluiu.

Fonte: G1